A vítima de um grave acidente automotivo no estado norte-americano da Califórnia foi resgatada na última terça-feira (14) graças a um policial que soube decifrar o código que garantia acesso ao serviço Buscar meu iPhone. Melissa Vasquez foi encontrada de bruços após cair aproximadamente 152 metros barranco abaixo ao sair de uma estrada na região de South Bay, em Los Angeles.

A investigação teve início às 2h da manhã do dia anterior, quando o programa de segurança automotiva OnStar presente no carro de Vasquez detectou uma batida após dois dos pneus do veículo terem sido subitamente arrancados. Os monitores do serviço informaram que o automóvel estava no cruzamento entre a Highway 17 e a Camden Avenue, próximo à casa da vítima.

Os policiais foram até o local, mas não encontraram nada. Às 3 da manhã, a mãe de Melissa ligou para as autoridades afirmando que sua filha havia desaparecido, e o policial David Cameron foi até a casa de Vasquez para investigar seu desaparecimento, sem saber da relação do caso com o alerta anterior da OnStar. “Eu sou conhecido no departamento como um geek tecnológico”, disse ele.

Palpite instruído

Quando chegou à residência, Cameron achou o iPad de Melissa e pensou em utilizar o recurso Busque meu iPhone da Apple para descobrir o paradeiro da moça, mas teve que descobrir suas senhas antes de obter resultados. “Eu fiz um palpite instruído baseado em uma série de números comuns que as pessoas usam em chaves de acesso e consegui acertar na terceira tentativa”, afirmou.

Depois disso, ele ativou remotamente o localizador no celular de Vasquez e, em questão de minutos, descobriu o paradeiro da moça, que estava ferida no barranco. Um helicóptero da Guarda Costeira foi então chamado enquanto os policiais desciam a inclinação em meio a arbustos densos. Melissa foi resgata 20 minutos após Cameron encontrar sua localização.

A moça de 28 anos de idade havia sido ejetada do carro durante o acidente e estava desaparecida havia 17 horas. “Os oficiais que estavam no local disseram que ela foi encontrada deitada de bruços. Ela estava acordada, coerente e conversou com eles”, disse o patrulheiro Ross Lee. A moça foi levada para a Unidade de Tratamento Intensivo do centro médico regional mais próximo por conta de ferimentos nas pernas e no abdômen.

Coisa do destino

As autoridades afirmam estar investigando as causas do acidente e dizem não saber como o carro foi parar no barranco, mas Melissa parece não ter ingerido drogas ou bebidas alcoólicas. “Acho que alguém estava tomando conta dela. As coisas se encaixaram e, se isso não tivesse acontecido, essa teria sido uma história bem diferente”, disse o policial Cameron.

A Apple não faz propagandas do recurso Busque meu iPhone para as autoridades policiais, mas a ferramenta já foi utilizada centenas de vezes por oficiais para encontrar dispositivos roubados ou perdidos. Essa, no entanto, pode ser a primeira vez que essa tecnologia de localização ajudou a salvar uma vida diretamente.

Cupons de desconto TecMundo: