O iPhone – um dos smartphones mais revolucionários e importantes do mercado – comemorou ontem sete anos de existência. A Apple apresentou o aparelho em janeiro de 2007, durante a MacWorld, mas o dispositivo só chegou ao mercado no dia 29 de junho do mesmo ano.

A Apple criou o iPhone original em uma colaboração secreta com a AT&T durante 30 meses, em um projeto que consumiu 150 milhões de reais. O telefone foi colocado inicialmente à venda apenas nos Estados Unidos às 6h da manhã do dia 29, e centenas de filas foram formadas por todo o país nas portas das lojas. O sucesso foi instantâneo.

Uma longa caminhada

De lá para cá, muita coisa mudou. O iPhone original não tinha os aplicativos de terceiros como existe hoje: ele era vendido apenas com os programas pré-instalados pela Apple, pois não havia App Store. O dispositivo se quer tinha 3G e os usuários tinham que se contentar com a rede EDGE disponibilizada pela AT&T.

Em novembro de 2007, o aparelho chegou ao Reino Unido, França e Alemanha, e, em outubro de 2008, a Áustria e Irlanda. A Apple lançou até hoje oito modelos diferentes de iPhone:  iPhone, iPhone 3G, iPhone 3GS, iPhone 4, iPhone 4S, iPhone 5, iPhone 5S e o iPhone 5C.

Atualmente, o iPhone é um dos smartphones mais vendidos do mercado, juntamente com os aparelhos da linha Galaxy S, da Samsung. Até março deste ano, já haviam sido vendidos 500 milhões de iPhones ao redor do planeta. 

Cupons de desconto TecMundo: