(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

Há exatos sete anos, durante a MacWorld 2007, Steve Jobs estava anunciando o celular que seria o mais revolucionário de todos, algo que colocaria a Apple no topo: o iPhone.

O smartphone da Maçã se diferenciava de outros tantos disponíveis no mercado ao remover o teclado físico, focar na facilidade de uso e trazer uma interação entre software e hardware.

No ano passado, a Apple lançou o iPhone 5S, que é a sétima versão de seu produto. Ao longo dos anos, algumas coisas mudaram no design, nas funcionalidades e nas capacidades deste smartphone. Hoje, vamos conferir as principais inovações de cada aparelho.

iPhone – Lançamento: 29 de junho de 2007

O primeiro iPhone foi revolucionário. Além de trazer tela sensível ao toque com tecnologia Multi Touch, o aparelho conquistou as pessoas ao integrar iPod, sincronia com o iTunes e ao trazer um teclado virtual prático. Mesmo havendo outros celulares com algumas tecnologias deste modelo, o produto da Apple conseguiu aprimorar diversas funcionalidades existentes.

iPhone 3G – Lançamento: 11 de julho de 2008

O segundo modelo do iPhone trouxe uma série de novidades. Entre as principais vale destaque para a compatibilidade com redes 3G, a presença do GPS e o uso avançado do acelerômetro para jogos.

iPhone 3GS – Lançamento: 19 de junho de 2009

Pensando principalmente na questão do desempenho, a Apple desenvolveu um iPhone com hardware aprimorado. O iPhone 3GS (o S é de Speed) veio com processador mais poderoso (de 600 MHz) e o dobro de memória RAM (256 MB).

iPhone 4 – Lançamento: 24 de junho de 2010

Em 2010, a Maçã resolveu impressionar o mundo com a tão aclamada tecnologia Retina Display. A tela do iPhone 4 tinha uma resolução excelente para os padrões da época. A câmera traseira foi melhorada e o produto recebeu uma câmera frontal para realizar chamadas com vídeo.

Novamente, a desenvolvedora do produto apostou em um update no processador e na RAM. O chip de processamento era um modelo completamente novo que rodava a 1 GHz, enquanto a memória passou para 512 MB.

iPhone 4S – Lançamento: 11 de novembro de 2011

Para acompanhar o ritmo do mercado, novamente vimos um celular evoluído no hardware. A aparência era idêntica à do antecessor, mas por dentro havia um processador (Apple A5) de dois núcleos, essencial para rodar a Siri (assistente de voz). O iPhone 4S (o S é de Siri) veio com a quinta versão do sistema operacional iOS.

iPhone 5 – Lançamento: 21 de setembro de 2012

Notando o avanço constante dos apps, a Apple ampliou a quantidade de memória RAM e, por incrível que pareça, aumentou o tamanho da tela (algo que não havia acontecido desde a primeira versão do aparelho). A compatibilidade com redes 4G também foi algo inovador, isso sem contar a mudança do conector de dados e energia para o Lightning.

iPhone 5C – Lançamento: 25 de outubro de 2013

(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

Depois de muitos anos, a Apple finalmente lançou um aparelho de baixo custo (que não é barato). Este modelo é, possivelmente, o único que não trouxe nenhuma inovação, sendo um aparelho idêntico na questão de hardware ao seu antecessor. As grandes mudanças foram no material de construção e nas carcaças coloridas.

iPhone 5S – Lançamento: 25 de outubro de 2013

(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

O mais recente modelo é o iPhone 5S (o S significa Security), um aparelho que vem com o primeiro processador de 64 bits para um smartphone. Não bastasse isso, a empresa apostou em um leitor biométrico: o Touch ID. A câmera recebeu melhorias significativas, sendo capaz de gravar vídeos a 120 frames por segundo. Este foi o primeiro aparelho a vir com o iOS 7.

Mudanças no mercado e nas pessoas

Apesar de sofrer duras críticas ao longo dos anos, o iPhone evoluiu muito e se adaptou, de certa forma, ao mercado. Claro, a Apple não oferece tantas opções como as fabricantes concorrentes, mas ela certamente vem fazendo um bom trabalho em questões como usabilidade, segurança e design.

É inegável que o iPhone alterou completamente o mercado de celulares. Ele foi o grande responsável pelo boom tecnológico na área e foi o que impulsionou outras marcas a desenvolverem aparelhos inovadores para o consumidor.

Além disso, não há como deixar de comentar sobre o impacto do produto no comportamento das pessoas (tanto por ser um produto que agrega valor ao camarote quanto por popularizar diversos apps sociais). O iPhone foi o precursor de diversas tecnologias e, mesmo que não agrade a todos, merece reconhecimento. Parabéns à Apple pelo excelente trabalho!

Cupons de desconto TecMundo: