Ampliar (Fonte da imagem: Reprodução/ITHome)

Assim como nós, os eletrônicos também possuem um ciclo de vida limitado. Devido ao desgaste natural das peças, uma hora ou outra o seu gadget vai parar de funcionar. Mas você já parou para pensar no destino do smartphone ou do tablet que você descartou? Se ele era um iPhone, há a possibilidade de ter parado na mão de um técnico chinês que o consertou e o revendeu.

A prática não é nova e é mantida pelo chamado mercado cinza. O site ITHome foi até uma loja especializada nesse tipo de atividade e revelou um pouco mais de detalhes da rotina desses recuperadores de “iGadgets”. Conforme ilustram as fotos publicadas, os comerciantes possuem um estoque grande de aparelhos danificados.

Segundo essa publicação, a maioria dos smartphones da Apple recebidos por essa loja chinesa vem principalmente dos EUA, do Japão e de Hong Kong. Depois de identificar o defeito, os técnicos usam as peças de outros aparelhos guardados para corrigir os problemas existentes.

Em seguida, eles fazem um trabalho de limpeza, aplicam películas de proteção novas e, inclusive, embalam os modelos remanufaturados em caixas de qualidade tão boa e acompanhados de números de série que parecem de aparelhos novos.

Cupons de desconto TecMundo: