(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

Segundo uma pesquisa realizada pela companhia de segurança S21sec, cerca de 85% das falhas ocorridas em smartphones acontecem em iPhones. O estudo foi feito com o intuito de apontar a quantidade de vulnerabilidades relacionadas aos serviços de internet e a popularidade dos dispositivos móveis.

Para chegar aos resultados, a S21sec tomou como base algumas votações obtidas junto aos consumidores. Além disso, a empresa também foi atrás dos boletins de segurança divulgados mensamente por algumas grandes companhias, como Adobe, Oracle, Microsoft e Apple – sempre utilizando números absolutos como referência.

Após realizar o levantamento dos dados, a S21sec declarou ter ficado surpresa com os resultados, principalmente pelo fato de que enquanto o iPhone traz somente uma plataforma, o sistema Android pode ser encontrado em vários dispositivos diferentes.

Além disso, a participação de mercado do telefone da Maçã também é menor do que toda a soma dos aparelhos com o sistema operacional da Google. Isso deveria representar uma facilidade para a Apple – e uma dificuldade de adaptação para todos esses outros aparelhos e fabricantes.

No entanto, a pesquisa cita que essa diferença pode ser explicada pelo fato de que o Android é um sistema aberto e por isso, conta com um número menor de pessoas interessadas em encontrar falhas e brechas dentro da sua interface.

Além disso, também segundo a S21sec, se o número de falhas é menor, a quantidade de tentativas de ataque aos telefones com o SO da Google obteve um índice muito maior com relação a qualquer outro aparelho. Isso pode indicar, ainda que indiretamente, uma grande fragilidade no sistema móvel da gigante de Mountain View.

Cupons de desconto TecMundo: