Segundo a Reuters, a demanda de peças feita pela Apple para produzir o novo iPhone 8 causou um certo colapso nas fábricas: elas não estão conseguindo produzir chips DRAM e NAND suficientes para todas as companhias com pedidos. O relato ainda vai além e diz que as empresas concorrentes da Apple estão correndo para garantir a própria fatia dessas peças.

Um dos exemplos, de acordo com a Reuters, dessa preocupação entre concorrentes é que muitas empresas estão encomendando os chips DRAM e NAND bem antes do necessário. Outras empresas ainda estão pagando valores bem mais altos para garantir que os chips cheguem na data combinada. Entre as concorrentes enfrentando esse problema, diz a fonte, é a LG.

Os analistas estimam que a Apple já comprou 18% da produção mundial de chips NAND

Segundo a Reuters, a LG comentou em declaração que encomendou as peças meses antes por uma decisão de "compra trimestral" e por um "fornecimento mais estável".

Acredita-se que, por causa do pedido excessivo feito pela Apple, fabricantes menores não terão a chance de contar com memórias RAM tão potentes. Por isso, alguns smartphones que serão lançados ano que vem chegarão com números menores de potência.

Falando em números, os analistas estimam que a Apple já comprou 18% da produção mundial de chips NAND e, caso o iPhone 8 seja um sucesso, esse número poderá aumentar. A Apple vai lançar o iPhone 8 em setembro deste ano.

Cupons de desconto TecMundo: