Menos de um mês atrás, a Sharp confirmou que os próximos iPhones vão contar com tela OLED. Agora, novas fontes dizem que nem todos os aparelhos da Apple devem ganhar essa melhoria e o principal motivo para isso estaria no excesso de demanda pelos painéis.

De acordo com informações recebidas pelo Bloomberg, a Apple queria realmente aplicar os painéis mais vivos e brilhantes na edição de 10 anos dos iPhones, mas as fornecedoras de materiais não devem conseguir atender a toda a demanda da empresa de Cupertino.

Por causa disso, apenas uma das versões do iPhone 8 deve receber as telas OLED — sendo esta a versão "Pro" de 5,5 polegadas, que faz companhia a outro aparelho "Plus" com tela do mesmo tamanho e um aparelho "normal" com tela de 4,7 polegadas.

Ao que tudo indica, somente a versão "Pro" do smartphone deve receber a novidade

Como cita a fonte já mencionada, a Apple pretendia utilizar 100 milhões de telas OLED no próximo ano, mas as fornecedoras só conseguem garantir uma porção limitada disso. Além de Sharp, outras empresas como Samsung, LG e Japan Display também estariam na lista de fornecedoras, mas os números ainda não fechariam a soma necessária — algo que só deve acontecer em 2018.

Ou seja: os iPhones não devem receber a tecnologia OLED em suas telas no próximo ano. Pelo menos não nas versãos "mais simples do dispositivo".

Cupons de desconto TecMundo: