A Apple acaba de lançar os seus novos smartphones no mercado internacional. O iPhone 7 e o iPhone 7 Plus não trazem grandes novidades de design em relação à geração anterior, mas são prometidos como uma grande evolução para a linha.

Com hardware de alta categoria, os dispositivos devem se manter como grandes destaques nas compras de final de ano em todo o mundo. Mas será que essa evolução é realmente poderosa?

De acordo com alguns veículos da imprensa internacional — que já tiveram acesso ao aparelho —, a resposta é "sim". Pois é isso que vamos mostrar agora mesmo, com algumas das principais opiniões que já foram emitidas sobre o dispositivo.

Confira agora mesmo o que falam as publicações e prepare-se para saber se vai valer a pena esperar pela chegada dos novos smartphones ao mercado brasileiro. Será que sua opinião vai continuar a mesma?

ArsTechnica

Segundo o ArsTechnica, o iPhone 7 deve ser considerado por qualquer consumidor que possua um iPhone 6 ou anterior — pois a mudança em relação ao 6s não seria tão grande assim. A publicação diz que os principais motivos para isso são: resistência à água, processamento mais veloz, RAM mais competente, tempo de bateria e câmera significativamente melhorada.

Também foram citados alguns dos principais pontos citados pela própria Apple no anúncio do aparelho. Entre eles estão as novas opções de armazenamento e a tela de alta qualidade, que traz uma gama de cores bem maior do que as vistas nas gerações anteriores. Vale dizer também que o iPhone 7 Plus ganhou muito destaque pelas câmeras duplas e pelos 3 GB de RAM que foram empregados.

Quanto aos pontos negativos, o ArsTechnica menciona o fato de a câmera Telephoto do 7 Plus ter a qualidade bem inferior à principal, sendo que o preço do modelo também pode ser um fator que impediria a boa aceitação no mercado. Outro destaque negativo está na tentativa de levar os usuários a usarem seus fones Bluetooth para fechar os circuitos do ecossistema.

TechCrunch

Para o TechCrunch, uma leve mudança no design merece destaque. Estamos falando da troca de posição das antenas na parte traseira do aparelho, que agora foram levadas para a parte superior dele. Uma leve protuberância nos módulos de câmera também foi citada como algo positivo, pois está sendo considerada “muito mais parte do dispositivo”.

Quanto ao botão virtual Home, o site revela que a sensação não é a mesma vista nos trackpads dos Macbooks. Mesmo assim, há a informação de que a utilização do mecanismo acontece de um modo bem natural e a ausência de peças com movimento físico não chega a ser um problema. A publicação também foi bem enfática ao dizer que a Apple acertou muito nas novas câmeras — optando por qualidade efetiva em vez de mais megapixels, destacando até mesmo o flash integrado.

Para concluir, o TechCrunch também citou a tela Retina HD com maior gama de cores e a performance do aparelho como dois grandes pontos positivos. O site diz que a decisão de retirar o jack de fone de ouvido foi corajosa, mas que só saberemos se foi acertada daqui a alguns anos — assim como aconteceu quando a Apple decidiu não levar suporte de Flash aos seus portáteis.

The Verge

“Incríveis, mas incompletos”, é assim que os novos iPhones são descritos pelo TheVerge. O site diz que os aparelhos são certamente uma boa aquisição, mas que não valem a pena como uma compra para quem já tem a versão anterior. De acordo com a publicação, trata-se de um smartphone que se parece muito “com um iPhone 6 dentro de um case” — citando a falta de melhorias  no design.

Além disso, há o relato de que o ecossistema de áudio sem fio ainda aparece muito imaturo e que precisa de avanços para se tornar um diferencial — citando também a falta de conectores para fones como um ponto bem inconveniente. Por fim, fala que os recursos para o uso das duas câmeras ainda são poucos — e que é preciso que a Apple traga mais opções logo.

Mas é claro que o Verge também trouxe pontos positivos para o dispositivo. As câmeras foram realmente melhoradas e ficaram bem mais velozes do que as vistas anteriormente. Além disso, o zoom obtido com as lentes duplas é algo a ser respeitado. Também há elogios para a melhoria da bateira para a tela, que traz cores mais vivas para os consumidores. Por fim, o site também tece elogios ao motor Taptic usado para o botão Home.

Engadget

Para o Engadget, a chegada do iPhone 7 com o mesmo design visto em duas gerações anteriores é algo que não deveria acontecer — pois o mercado precisa de adaptações e mudanças mais completas do que as pequenas alterações que vieram no novo dispositivo da Apple. A publicação também tece críticas ao botão Home e se diz muito incomodada com a falta de conectores para fones de ouvido.

Ao contrário de outros sites, o Engadget diz que a tela do iPhone 7 não traz muito mais do que o 6s já oferecia. Por outro lado, há também vários elogios aos aparelhos. Como todas as publicações, o Engadget dá bastante foco ao hardware com performance de alto nível e às funcionalidades de câmera que foram trazidas aos novos aparelhos.

Quando cita o iPhone 7 Plus, há ainda os destaques da bateria “com maior autonomia já vista nos iPhones” e as lentes duplas da câmera. Vale dizer que a publicação dá bastante destaque ao fato de que os novos aparelhos são resistentes à água — o que os torna menos frágeis do que os de gerações anteriores do mesmo dispositivo. 

.......

Você está ansioso pela chegada dos novos iPhones ao mercado brasileiro?

Cupons de desconto TecMundo: