Depois de uma recepção meio dividida dos seus mais novos integrantes do segmento mobile por parte do público, a Apple parece disposta a “ensinar” o público a valorizar alguns dos pontos mais fortes dos dispositivos da família iPhone 7. A empreitada mais recente nesse sentido é uma aulinha expressa para que os usuários aproveitem da melhor maneira o modo Retrato da dupla de câmeras do iPhone 7 Plus.

A ideia da Empresa da Maçã com uma postagem feita em sua página na última terça-feira (6) parece ter sido a de recorrer a profissionais da fotografia para pescar dicas importantes para que os fotógrafos amadores que possuem o dispositivo de 5,5 polegadas da marca possam melhorar consideravelmente os seus cliques. Acredite, mesmo que o celular tenha sido lançado há pouco tempo e possua uma infinidade de recursos, a possibilidade de registrar imagens belíssimas com o aparelho é um grande chamariz.

Fazer retratos é algo bem valorizado pelas câmeras duplas do novo iPhone 7 Plus

Somente no Flickr – um dos mais badalados sites de fotografia –, esse modelo específico de smartphone conta com mais de 5 milhões de fotos no acervo, fazendo com que o dispositivo fique na sexta posição entre os produtos mais populares da Apple na página. Ainda que muitos dos cliques salvos no portal sejam de cair o queixo, é claro que o cliente comum da companhia de Cupertino bem que pode aproveitar uma mãozinha dos mestres da categoria.

Sim, essa foto foi tirada em um dos novos iPhones

Atenção aos detalhes

Enquanto um app nativo do próprio iOS chamado Tips oferece dicas interessantes para boa parte dos recursos do sistema, uma explicação aprofundada de como tirar bons retratos com o celular ainda faz falta nesse pacote. E aí que alguns toques precisos como o do fotógrafo de moda JerSean Golatt entram em cena. Para ele, o conjunto de lentes do iPhone 7 Plus trazem uma qualidade fantástica para quem não tem orçamento para uma produção mais robusta.

O que ajuda a valorizar o kit na hora de clicar as pessoas? “Se aproximar do seu assunto para explorar os detalhes”, acredita Golatt, apostando na nitidez das duas câmeras do aparelho para capturar cada nuance do rosto dos seus modelos. Já para Benj Haisch, que costuma clicar casamentos, a iluminação é essencial para que as fotos adquiram um tom profissional e bastante natural.

A qualidade de imagem salta aos olhos

“Ter uma luz suave e difusa vai ajudar a deixar o seu assunto muito mais bonito”, explica o fotógrafo. “Encontre uma área sem muitas distrações visuais para que o modo Retrato crie uma foto que realmente se destaque”, completa. Tudo isso também faz parte do repertório de Pei Ketron, que não poupa cliques em suas viagens por todo o mundo.

O rapaz completa as dicas dizendo para que mantenha uma distância de pouco mais de dois metros do seu assunto para que a dupla de câmeras do celular possa criar o efeito de borrado no fundo da imagem – um recurso de baixa profundidade de campo que valoriza o objeto em primeiro plano, também conhecido como bokeh.

Custo verde e amarelo

Com o custo dos produtos da Apple no Brasil, muitas vezes acaba saindo mais barato comprar uma DSLR de entrada de marcas como Canon e Nikon junto de uma lente específica para retratos – geralmente uma 50 mm f/1.8 ou f/1.4. As vantagens do iPhone 7 Plus contra as câmeras mais encorpadas, no entanto, são óbvias: além de fazer ótimas imagens, o dispositivo é compacto, bem mais discreto que as máquinas grandalhonas e traz consigo uma série de recursos online e offline.

No fim, escolher quanto e no que desembolsar depende apenas da sua necessidade. E aí, você também tem alguma dica para fotografia em equipamentos mobile? Costuma tirar fotos artísticas no seu dia a dia? Deixe a sua opinião mais abaixo, na seção de comentários.

Cupons de desconto TecMundo: