A tortura continua (e, obviamente, cada vez mais absurda) para os novos iPhones 6s e 6s Plus. No lugar de testar a resistência dos aparelhos contra impactos e acidentes “comuns”, porém, o pessoal do canal SquareTrade pediu uma ajudinha de Luke Rockhold (nada menos do que o primeiro colocado no ranking de lutadores peso-médio de MMA), em seu novo vídeo, para descobrir se a nova carcaça de alumínio dos smartphones realmente funciona.

Para começar, temos um teste de impacto que poderia ser chamado, no mínimo, de “extremo”: Rockhold simplesmente chuta ambas as versões dos iPhones 6 e 6s em direção à parede, e analisa o estrago. Não deve ser nenhuma surpresa, é claro, saber que todos eles viraram migalhas, com direito a telas partidas e componentes internos saltando para fora da carcaça.

Já na hora de testar a resistência contra o temido Bend Gate, vemos que os iPhones 6s e 6s Plus estão realmente mais fortes. Como o vídeo mostra bem, o lutador precisou usar uma quantidade de força muito maior para conseguir dobrar os aparelhos, enquanto o iPhone 6 original se parte sem grandes dificuldades.

E o veredito de Rockhold? “O novo vidro do iPhone é mais forte, mas não tão forte assim.”

Se você achou absurdo, provavelmente é porque não viu todo o tipo de tortura pela qual os iPhones passaram antes. De simples testes de resistência a dobras e impactos leves, pessoas já o colocaram debaixo d’água por dias, derrubaram de vários andares de altura e até mesmo o estilhaçarem com uma marreta após tê-lo congelado em nitrogênio líquido.

Isso sem falar, é claro, quando colocaram um iPhone 6s contra um tiro de rifle sniper .50, que simplesmente partiu o smartphone ao meio (ou o que sobrou dele, para ser mais preciso). Ao menos, depois de tudo isso, podemos saber que os novos iPhones, embora longe de indestrutíveis, aguentam muito mais do que antes.

O iPhone 6s e iPhone 6s Plus são mais resistentes que o iPhone 6? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: