O iPhone 6S e o iPhone 6S Plus terão um novo recurso de tela muito bem-vindo: o 3D Touch – o qual, como o próprio nome sugere, permite que os dispositivos suportem gestos baseados na pressão do toque. Para isso, a função utiliza sensores capacitivos embutidos no backlight dos aparelhos, medindo, assim, as alterações microscópicas na distância entre o display de vidro e o backlight, combinando sinais do sensor de toque e do acelerômetro para responder à pressão do dedo. Isso gerou uma especulação sobre as películas protetoras: será que elas atrapalhariam o novo recurso? De acordo com a Apple, a resposta é não.

O chefe de marketing da companhia, Phil Schiller, confirmou a informação em email enviado ao 3D Techtronics. De acordo com o executivo, a linha de design dos novos produtos da Apple é concebida para se adequar normalmente às películas que seguem as diretrizes da Apple. “Sim, películas protetoras que seguem nossas diretrizes vão continuar funcionando com o 3D Touch”, escreveu.

E quais são essas diretrizes?

As exigências da empresa norte-americana para as películas dizem que o display deve ser eletricamente condutivo, não pode exceder 0,3 mm de espessura e não pode ter passagens de ar entre a touch screen.

Há diversas opções de películas protetoras disponíveis para compra através da própria loja online da Apple e por meio dos estabelecimentos físicos da marca. Entre as alternativas, há inclusive produtos terceirizados de marcas como Tech21, Belkin e 3M.

Películas protetoras não vão atrapalhar 3D Touch do iPhone 6S: conte o que achou disso no Fórum do TecMundo.

Cupons de desconto TecMundo: