Embora quem acompanhe o histórico de lançamentos de smartphones da Apple saiba que nunca é fácil consegui-los em um momento inicial, a demanda pelo iPhone 6 e seu modelo Plus parece ter quebrado recordes nesse sentido. A alta procura pelo aparelho já fez com que diversas operadoras norte-americanas tivessem que encerrar suas pré-vendas, também causando um “apagão” que deixou a Apple Store norte-americana fora do ar por duas horas e 25 minutos.

Entre as empresas que já não dispõem do novo modelo estão a AT&T, Verizon e Sprint, sendo que a maior procura foi pela versão Plus que, além da tela maior, possui alguns recursos extras em relação ao modelo mais compacto. A expectativa é a de que esse seja o maior lançamento da história da empresa, que deve disponibilizar 80 milhões de cópias de seus novos aparelhos até o final de 2014.

Assim como aconteceu em anos anteriores, a “luta” para conseguir o novo aparelho deve continuar durante alguns meses, até o momento em que a demanda pelo produto se torne compatível com a capacidade de produção da Apple. Uma nova rodada de sites caindo e problemas devem ser iniciada no dia 26 de setembro, data na qual a companhia deve abrir a pré-venda em outros mercados.

Em uma entrevista concedida ao The Wall Street Journal pouco após o Keynote que marcou a apresentação do iPhone 6 e do Apple Watch, Tim Cook afirmou que os novos smartphones vão ser os maiores upgrades da história da empresa. Segundo ele, os dispositivos vão ser essenciais para convencer consumidores adeptos do Android a migrar de vez para o meio-ambiente do iOS.

Cupons de desconto TecMundo: