Horas depois do lançamento oficial do iPhone 6 e do iPhone 6 Plus, começaram a pipocar na internet os chamados "testes de resistência", que mostram se o aparelho é forte mesmo e continua funcionando mesmo após cair no chão, por exemplo. Porém, o canal do YouTube RatedRR foi ainda mais longe, e praticamente torturou a versão maior do produto da Apple usando nitrogênio líquido.

No teste, depois de ser mergulhado em uma vasilha com nitrogênio líquido, ficar por lá durante algum tempo e receber ainda mais do conteúdo sobre a carcaça, o iPhone até parecia funcionar por alguns segundos, mas logo depois foi provado que ele não operava mais.

Qual o próximo passo? Quebrá-lo com uma marreta e gravar tudo em câmera lenta, lógico. Note como a parte frontal do aparelho simplesmente se despedaça em cacos — mais ou menos igual a quando você congela um inimigo em filmes ou games usando o nitrogênio líquido.

Por ser tão extrema, a experiência serve mais para brincar com o material e com o iPhone: o nitrogênio líquido ferve a -196 °C e é usado para várias aplicações, desde medicina a gastronomia. Ainda assim, pela carcaça do aparelho, o responsável pelo teste notou que o smartphone foi um dos que apresentou mais resistência. Vários dos componentes internos ainda estavam lá.

Cupons de desconto TecMundo: