Apple começa a investigar motivos para iPhone 6 Plus ter explodido

1 min de leitura
Imagem de: Apple começa a investigar motivos para iPhone 6 Plus ter explodido
Avatar do autor

Aparentemente, não é somente quem tem uma unidade do Galaxy Note 7 que deve se preocupar com possíveis explosões de seu aparelho. Segundo a ABC30, uma moradora de Fresno, Califórnia, viu seu iPhone 6 Plus explodir enquanto recarregava o aparelho usando o carregador fornecido pela própria Apple.

A consumidora, Yvette Estrada, afirma que foi acordada durante a madrugada pelo aparelho, que fazia barulhos estranhos e emitia um cheiro de queimado — além disso, fumaça preta estava saindo do gadget, que ficou totalmente inutilizado. A compradora afirma que havia adquirido o dispositivo há somente três meses e entrou em contato com a fabricante no dia seguinte ao ocorrido e providenciou imagens do iPhone queimado.

Embora Estrada não tenha se machucado, houve danos a sua mesa de cabeceira, a um par de óculos e a uma unidade de carregamento do Apple Watch. A Apple prometeu enviar uma unidade nova do smartphone sem nenhum custo adicional para substituir o produto defeituoso.

Essa é a segunda vez em poucos dias que um produto da Empresa da Maçã explode: anteriormente, um iPhone 6 Plus entrou em combustão enquanto estava no bolso da estudante universitária Darina Hlavaty. Ainda não se sabe as causas das explosões, que estão sendo investigadas pela fabricante no momento atual.