Desde o anúncio dos iPhones 7, começamos a ouvir falar muito mais sobre a TSMC — uma das maiores empresas de semicondutores do mundo, mas que geralmente fica com o nome mais escondido. Acontece que ela é a única responsável pela produção dos chips Apple A10 usados nos smartphones da Maçã... E essa exclusividade deve se manter por um bom tempo.

O problema — para a TSMC — é que a Apple exige um volume muito alto de produção. Além dos iPhones, a empresa também fabrica outros dispositivos mobile, como os iPads. É justamente nesses aparelhos que deve acontecer o primeiro atraso na parceria entre Apple e TSMC.

De acordo com fontes asiáticas ligadas ao site DigiTimes, a TSMC também vai ser a responsável por produzir os processadores Apple A10X, que serão usados na próxima geração de iPads — com versões Pro, Air e uma nova variante que teria 10,5 polegadas e que seria voltada ao mercado estudantil.

Os iPads podem ser lançados em três novos modelos no próximo ano

E, de acordo com as mesmas fontes, a Apple já estaria trabalhando com a possibilidade de que a TSMC não vai conseguir produzir tantos chips A10X quanto necessários para o lançamento dos novos iPads em março. Ou seja: problemas na linha de produção do componente podem atrasar toda a agenda de tablets da Apple em 2017.

Será que vamos realmente ter um atraso na entrega dos novos chips e na produção dos novos tablets?

Cupons de desconto TecMundo: