Alguns meses atrás, a Apple anunciou a chegada dos tablets profissionais iPad Pro para o mercado internacional. Com tela de 12,9 polegadas, resolução poderosa e recursos inéditos, o dispositivo foi criado para os consumidores que precisam de soluções mais avançadas para o desempenho de uma série de funções. Mas será que ele é bom mesmo?

Diversos sites da imprensa internacional já fizeram suas análises e contaram o que acharam para os leitores. Confira agora mesmo quais são as principais impressões que analistas dos Estados Unidos tiveram sobre este tão aguardado dispositivo. Será que vai valer a pena investir na tecnologia dos tablets profissionais da Apple?

The Verge

A publicação fez um review do iPad Pro com os acessórios integrados, mas não gostou muito do teclado criado pela Apple. O analista responsável diz que o sistema é bem bonito e bem pensado, mas deixa a desejar no quesito de usabilidade — principalmente pela questão de as teclas de atalho não existirem em uma superfície plana demais.

Por causa disso, a conclusão do site foi de que o iPad Pro é excelente e traz recursos incríveis, além de um hardware poderoso e competente. Porém, ainda não foi dessa vez que a Apple conseguiu criar um aparelho que possa substituir totalmente os notebooks.

Mashable

Ao contrário do que disse o The Verge, o Mashable acredita que o iPad Pro pode ser sim o principal ponto de acesso para funções de produtividade dos usuários. Isso porque ele não é apenas um iPad maior, mas um equipamento que traz possibilidades inéditas para os usuários.

Entre os grandes destaques do dispositivo estão a Apple Pencil e o teclado especialmente produzido para ele, que traria uma grande facilidade de utilização — apesar do custo alto. Também foi dito que o hardware e a tela ganham muitos pontos, mas o tamanho pode tornar o aparelho menos portátil do que se espera.

Wired

Nesta análise, o Wired diz que o iPad Pro é fantástico, "mas não é um laptop killer". De acordo com a publicação, isso acontece porque ainda existe a sensação de que mouses e teclados fazem falta nesse sistema — pois a interface sensível ao toque não traz toda a seriedade necessária para a produtividade.

Entre os principais destaques, o Wired menciou que a tela é grande e excelente, sendo que a velocidade e a autonomia de bateria são incríveis. Nos pontos negativos, ressaltou que os preços são altos demais para quem quiser usar o aparelho no máximo do desempenho — com os acessórios.

ArsTechnica

Seguindo as análises, o ArsTechnica foi bem enfático ao dizer que o maior problema do iPad Pro é ele não ter OS X — pois utiliza o mesmo sistema operacional portátil (iOS) dos outros tablets e smartphones. A performance é excelente, o hardware é muito bom e os recursos dos acessórios e softwares fazem dele um grande dispositivo.

Por outro lado, ele é muito caro para um tablet e às vezes parece grande demais — principalmente para quem quer jogar alguns games criados para as versões menores do aparelho. O site também criticou a ausência de um local dedicado ao armazenamento da Apple Pencil.

.....

O iPad Pro foi lançado nesta quarta-feira em 40 países, por preços que começam nos US$ 799 (R$ 3.028) e vão até US$ 1.079 (R$ 4.090). 

Você vai comprar um iPad Pro quando ele chegar ao Brasil? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: