Bastante valiosa para a Apple pelos lucros que consegue gerar, a linha iPad Pro é responsável por somente um terço dos tablets vendidos pela companhia. Segundo uma estimativa feita pela IDC, os modelos iPad Air e iPad Mini somados ainda são aqueles que mais chamam a atenção (e o dinheiro) do público.

Em seu último relatório fiscal, a Companhia da Maçã divulgou que vendeu 9,26 milhões de iPads no trimestre mais recente, mas não especificou quais os produtos que tiveram o melhor desempenho. Enquanto a IDC parece fornecer números mais precisos, a empresa não esclareceu qual foi a metodologia usada para chegar até eles, se limitando a afirmar que usou processos e ferramentas proprietárias.

A Apple ainda é a líder do segmento com uma participação de 21,5%

Embora a Apple tenha vendido 600 mil iPads a menos que no mesmo período do ano passado, suas vendas ficaram estabilizadas em US$ 4,2 bilhões. O modelo Pro foi especialmente importante nesse sentido, já que a fabricante consegue vendê-lo com um lucro maior por unidade em relação a outras variantes.

Segundo o IDC, um total de 43 milhões de tablets foram enviados às lojas no último trimestre — uma queda de 14,7% em relação a 2015. A Apple ainda é a líder do segmento com uma participação de 21,5%, um ligeiro aumento em relação aos 19,6% registrados anteriormente, sendo seguida pela Samsung que distribuiu 6,5 milhões de produtos e possui uma fatia de 15,1% do mercado.

Cupons de desconto TecMundo: