(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

Desde o lançamento do primeiro iPhone, a Apple só melhorou a qualidade das telas de seus aparelhos portáteis. E isso foi visto em vários momentos, principalmente quando a tela Retina foi apresentada aos consumidores. Com a sucessão de acontecimentos do tipo, criar aparelhos com telas melhores — ou ao menos similares — tornou-se uma tradição da empresa de Cupertino.

O site DisplayMate analisou todos os detalhes da tela do novo iPad mini e disse que, pela primeira vez, a tradição foi quebrada. Sempre são encontradas telas “melhores ou pelo menos ótimas”, mas no iPad mini elas são apenas “muito capazes”. O mesmo site ainda comparou a tela do tablet com os seus dois principais concorrentes: Kindle Fire HD e Nexus 7.

Na demonstração de cores, o iPad mini conseguiu apenas 62% de eficiência, enquanto o Nexus e o Kindle Fire HD atingiram 86% — ao mesmo tempo, o novo iPad e o iPhone 5 atingiram 100%. Quanto à taxa de reflexão, o iPad mini  também se saiu mal e refletiu 53% mais luz do que o Nexus 7. Será que a tela do aparelho foi um tiro que a Apple deu no próprio pé?

Cupons de desconto TecMundo: