Desde que os iPads Pro foram anunciados pela Apple, os consumidores vêm se perguntando: "Quando é que poderemos desfrutar desses recursos incríveis em aparelhos com telas menores?". Pois a resposta foi dada hoje pela fabricante, que acaba de apresentar o seu mais novo tablet de alto desempenho para os consumidores de todo o mundo.

Estamos falando do novo iPad Pro de 9,7 polegadas,  que neste texto chamaremos de "mini" para facilitar a diferenciação. Ele aparece como uma versão reduzida do iPad Pro — aparelho lançado no final do ano passado e que tinha tela de 12,9 polegadas, criado especialmente para o mercado profissional. O que oferece este novo dispositivo? É o que você vai descobrir agora mesmo!

Novo design

Como estamos falando de um iPad inspirado na versão Pro, é natural que o design dele seja um pouco diferente do que já podíamos ver no iPad Air, ou seja: ele é trazido ao público com traços similares aos vistos no tablet de 12,9 polegadas — com as devidas reduções necessárias para que ele se torne mais comercial, é claro.

Voltando aos padrões de tela de 9,7 polegadas, a Apple mescla dois de seus maiores trunfos na tecnologia de tablets em um único aparelho. A fabricante traz toda a beleza e a variedade de recursos disponíveis nos iPads Pro com as dimensões consagradas do iPad Air — e que também já são vistas desde a primeira versão do aparelho.

Tela

Além das 9,7 polegadas, outra notícia que se esperava acerca da tela era sobre a resolução. O display do iPad Pro "Mini" traz 2048x1536 pixels — o que representa uma densidade de pixels de 264 ppp. Ela ainda garante até 10 pontos de toques simultâneos para os consumidores que precisam de ações mais complexas.

Vale dizer que o novo tablet conta com o mesmo sistema de controle e atualização de tela vistos no iPad Pro — o que também inclui a taxa de reflexão de luminosidade e a melhor graduação de cores. Outro recurso bem legal está no "Night Shift", que modifica o brilho da tela no período noturno para facilitar a visualização das informações.

Há ainda um sistema chamado "True Tone Display", que permite aos consumidores observar conteúdos com muito mais facilidade. Controlando a emissão de luz dos materiais reproduzidos, o iPad Pro "mini" pode fazer com que as imagens não tenham mais brilho do que nossos olhos podem suportar.

Hardware

A Apple não poderia apresentar um tablet "Pro" e não mostrar um hardware poderoso para ele. Pois não há decepções quanto a isso, uma vez que o aparelho foi apresentado com processador Apple A9X de alto desempenho — sendo capaz de executar funções pesadas com muita facilidade, contando com GPU integrada de altíssima potência.

Além disso, o tablet conta com 4 GB de memória RAM para trazer a mesma experiência multitarefas obtida com o iPad Pro — lembrando que este foi o primeiro dispositivo da empresa a permitir a divisão da tela para a execução de dois apps ao mesmo tempo. Por fim, ainda há a disponibilidade de até 256 GB para o armazenamento de vídeos, fotos, games, apps e outros arquivos.

Assim como no "irmão maior", o iPad Pro "Mini" conta com quatro saídas de áudio para uma experiência estéreo muito mais imersiva do que as obtidas com o iPad Air. O aparelho também traz câmera iSight de 12 megapixels para a captura de fotografias e vídeos com resolução 4K. A bateria é um pouco reduzida em relação à do iPad Pro original, mas promete as mesmas 10 horas de autonomia.

Especificações técnicas

  • Tela: 9,7 polegadas
  • Resolução: 2048x1536 pixels
  • Densidade de pixels: 264 ppp
  • Processador: Apple A9X (processos de 16 nanômetros)
  • Coprocessador de movimento: Apple M9
  • Memória de armazenamento: 32 GB, 128 GB ou 256 GB
  • Câmera: iSight de 12 MP
  • Câmera frontal: 5 MP
  • Conectividade: Wi-Fi 802.11 b/g/n/ac (com MiMO) e Bluetooth
  • Autonomia de bateria: até 10 horas
  • Espessura: 6,1 milímetros
  • Peso: 437 gramas
  • Cores: Gold, Silver, Space Gray e Rose Gold

Conectividade

Além do já esperado suporte às redes WiFi com protocolo 802.11 b/g/n/ac (com MiMO) — o que torna o alcance e as velocidades muito mais interessantes do que grande parte dos dispositivos concorrentes —, há Bluetooth e internet móvel de alta velocidade. Todas as versões ainda contam com opções para a conexão 4G LTE.

Acessórios e recursos especiais

Com a chegada do iPad Pro "mini", várias funções deixam de ser exclusividade do iPad Pro de 12,9 polegadas. Isso inclui o suporte ao Apple Pencil e às diversas possibilidades trazidas pelo acessório. Também temos a chegada dos recursos multitarefas com dois apps abertos ao mesmo tempo e totalmente funcionais.

O iPad Pro "mini" pode ainda ser utilizado com um teclado físico bem interessante. O acessório é integrado a uma nova capa de proteção chamada Smart Keyboard e funciona de modo bem parecido com o visto nos teclados do Microsoft Surface. A diferença da versão criada para o "mini" está justamente nas dimensões — ou seja, ao contrário do Pencil, o Smart Keyboard do iPad Pro não é compatível com o novo tablet.

Outra novidade está na chegada de adaptadores para câmeras externas, cartões SD e outros periféricos. Com isso, os iPads podem ser conectados a outros dispositivos de mídia e armazenamento com mais facilidade.

Preços e disponibilidade

O iPad Pro "mini" começará a ser vendido nos EUA já no dia 31 de março. Por lá, cada unidade do tablet será comercializada pelo preço inicial de US$ 599 (R$ 2.161, valor referente ao modelo de 32 GB ). O modelo de 128 GB custará US$ 749 (R$ 2.703), e o de 256  GB terá o preço de US$ 899 (R$ 3.244).

Quanto aos novos acessórios, a Apple Pencil já está no mercado e é vendida por US$ 99 (R$ 357), enquanto a nova Smart Keyboard vai chegar por US$ 149 (R$ 537), também a partir do fim do mês. Ainda não há informações sobre a chegada do dispositivo a ouros mercados. Ou seja: sem previsão para o Brasil.

  • Versão 32 GB (Wi-Fi): US$ 599
  • Versão 128 GB (Wi-Fi): US$ 749
  • Versão 256 GB (Wi-Fi): US$ 899
  • Versão 32 GB (Wi-Fi + 4G): US$ 729
  • Versão 128 GB (Wi-Fi + 4G): US$ 879
  • Versão 256 GB (Wi-Fi + 4G): US$ 1.029

.......

O que você achou do novo iPad Pro "mini"? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: