A Apple vendeu 74,5 milhões de iPhones durante o último trimestre de 2014. Mas os bons resultados computados pela “Maçã” não surpreenderam Ming-Chi Kuo, analista da companhia KGI Securities – em seu último relatório, ele apontou que cerca de 73 milhões de smartphones equipados com iOS seriam vendidos. Acontece que nem tudo são flores: ainda de acordo com o profissional, a Apple deverá vender 30% a menos de iPads em 2015 – se a previsão de Kuo se concretizar, este será o ano do pior desempenho da empresa na venda de tablets.

Para o analista, os phablets (mobiles que contam com tela touchscreen entre 5 e 7 polegadas) poderão se sobrepor aos tablets – segundo informa o Localytics, esta categoria de aparelhos já representa a fatia de 19% dos gadgets do segmentos móvel do mercado (veja mais aqui). Para Kuo, a popularização de smartphones com telas cada vez maiores pode minar as vendas e fabricação de tablets tradicionais; o iPad, assim, seria afetado por esta tendência de mercado.

Ao todo, “somente” 45 milhões de iPads serão vendidos até o final de 2015 (com 18 milhões no primeiro trimestre); em 2014, 63,4 milhões de unidades do popular tablet foram adquiridas. A KGI reconhece que um aparelho de 12,9 polegadas pode de fato otimizar as experiências do usuário; isso, porém, não será suficiente para fazer com que as vendas dos aparelhos sejam agressivamente impulsionadas.

“Enquanto prevemos que um aparelho de 12,9 polegadas poderá criar melhores experiências, não reconhecemos um aumentos significativo nas encomendas tão cedo, uma vez que sua comercialização pode ficar abaixo das expectativas”, diz Kuo. Não se sabe ainda quais serão as novidades apresentadas pela Apple em seu novo iPad; a falta de inovação, ainda para a KGI, é outro dos fatores que pode gerar a derrocada do produto.

De acordo com a empresa IDC, a Apple manteve-se no topo do segmento dos mobiles durante parte de 2014, mas acabou sendo desbancada por aparelhos concorrentes de sistema Android. Uma das apostas de Tim Cook, vale lembrar, é a parceria da “Maçã” com a IBM – dispositivos iOS dedicados a empresas parecem ser outra das frentes que Apple poderá atacar. Seriam os phablets o futuro dos mobiles? Clique aqui e dê sua opinião sobre essa calorosa discussão. 

Cupons de desconto TecMundo: