O game Monument Valley, disponível para iOS, recebeu diversos prêmios por conta do seu visual diferenciado e, principalmente, pela ótima jogabilidade e nível de desafio que apresenta. Considerado um dos games mais aclamados deste ano, tudo ia bem até o desenvolvedor decidir lançar um conteúdo extra para o seu título.

Monument Valley é um jogo pago: na App Store americana ele custa US$ 3,99. Porém, estamos falando de um jogo completo, sem nenhum tipo de in-app purchase. Entretanto, devido ao sucesso do jogo, o desenvolvedor decidiu criar novos capítulos, um conteúdo extra que não estava previsto antes de ele se tornar bem-sucedido, mas decidiu cobrar por isso.

Foi o suficiente para que se iniciasse um motim nas avaliações do game. Muitos usuários se sentiram “traídos” e mudaram a avaliação do jogo de 5 para 1 estrela. Além disso, alteraram os textos de avaliação, criticando o desenvolvedor pela postura de cobrar pelo seu trabalho.

Os limites do bom senso

Há duas questões que precisam ser analisadas friamente neste caso. De um lado estão os desenvolvedores que criam jogos incompletos e entopem eles de DLCs pagos para que ele seja “construído” com o passar do tempo. Definitivamente esse não é o caso de Monument Valley. Aqui, estamos falando de um jogo completo e que ganhou um conteúdo adicional.

Se por um lado jogos gratuitos agradam uma grande parcela de usuários, por outro é preciso levar em consideração o fato de que todo e qualquer trabalhador precisa ser remunerado pelo seu trabalho. No caso de um desenvolvedor de jogos, pagar por um valor justo por um game criado – e bastante elogiado – parece ser o caminho mais óbvio.

Como mencionamos, o game completo custa US$ 3,99 (o equivalente a R$ 10,33). O conteúdo extra é opcional, não impactando diretamente no desenvolvimento do game, e custa US$ 1,99 (o equivalente a R$ 5,15). Qual a sua opinião sobre o assunto? Os usuários estão exagerando nas reclamações ou o desenvolvedor deveria ter disponibilizado o conteúdo extra gratuitamente?

Cupons de desconto TecMundo: