Não há dúvidas de que um dos maiores trunfos da Apple é o iOS. O sistema operacional da Maçã caiu no gosto do público, e uma prova disso é que a companhia pode passar a valer US$ 1 trilhão em 2017 considerando apenas as vendas de produtos e serviços relacionados a ele.

Segundo dados levantados por Horce Dediu, analista da Asymco, até a metade de 2017 a Apple deve alcançar a marca de US$ 980 bilhões apenas com as vendas do iPhone (que terá vendido aproximadamente 1,2 bilhão de unidades). Caso esse montante de unidades se some com iPad, iPoud Touch, Apple Watch e Apple TV, o número de itens comercializados alcançaria a casa de 1,75 bilhão.

Outro detalhe apontado por Dediu é o fato de que a Maçã ainda obteve cerca de US$ 100 bilhões em termos de vendas no setor de serviços, abraçando aqui aplicativos, assinaturas e mídia – e esses seriam os pontos que fariam a empresa ultrapassar aquela marca mencionada anteriormente em um futuro próximo.

iPhone (e por consequência o iOS) foram os responsáveis por boa parte dos ganhos da Apple

Mais detalhes sobre o iPhone

Ainda sobre o aparelho de destaque da Apple, o analista da Asymco estimou que são realizadas 17,5 trilhões de sessões no iPhone por ano, sendo 48 bilhões por dia – isso, claro, levando em consideração que há 600 milhões de aparelhos ativos e que cada um deles seja desbloqueado uma média de 80 vezes por dia.

Por fim, ele também comentou que, ainda que apareçam diversos aparelhos tentando desviar a atenção do público do iPhone, é o ecossistema criado pela Apple, bem como as capacidades do aparelho e a sua reputação, que fazem com que ele seja a primeira escolha de muitas pessoas.

Cupons de desconto TecMundo: