Pouco após o grupo Pangu Hacking anunciar o jailbreak do iOS 9, a Apple fechou duas brechas usadas pelos hackers para permitir o desbloqueio de seu sistema operacional. Em um documento de segurança publicado através de seu site oficial, a empresa afirma que ambas as falhas foram corrigidas no iOS 9.1

Entre as vulnerabilidades usadas pelo grupo está uma que permitia que aplicativos elevassem seus privilégios no sistema e outra que possibilitava a execução de códigos arbitrários com privilégios de kernel. Vale notar que aqueles que possuem as versões 9.0 e 9.0.2 ainda podem apelar para o jailbreak.

A liberação dos patches de correção não deve representar o fim do desbloqueio da plataforma mobile da Apple, visto que muitos grupos se dedicam ativamente a descobrir novas brechas exploráveis. Pouco antes do lançamento do iOS 9.1, o Pangu lançou uma atualização para seu software que traz mais estabilidade à versão desbloqueada da plataforma mobile.

Vale notar que aqueles que decidem realizar o jailbreak de seus smartphones ou tablets têm como vantagem o acesso a alguns aplicativos que não são verificados pela Apple. No entanto, não há qualquer garantia de que os apps obtidos a partir de fontes terceirizadas não tragam consigo a presença de vírus e outras ameças.

Você usa dispositivos com jailbreak? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: