A Apple apresentou o iOS 9 ao mundo há poucas semanas, mas, por enquanto, o sistema operacional está disponível apenas em fase de testes. Contudo, o pessoal do Geekbench já atualizou o seu app de benchmarks para funcionar com o software e começou a realizar vários testes. Com isso, eles descobriram que o novo modo de economia de energia (Low Power Mode) funciona basicamente diminuindo o poder de processamento de iPhones e iPads.

Segundo os testes com aparelhos em modo de economia e em modo normal, foi notada uma diminuição de performance de cerca de 40% no poder de processamento. Como você confere na imagem, um iPhone 6 Plus marcou 1606 pontos no teste single-core e 2891 no multi-core sem o modo de economia ativado. Com essa função ativa, os resultados ficaram em 1019 e 1751. Para o iPhone 5S, os resultados foram 1386 e 2511 em modo normal e 815 e 1405 em modo de economia.

Com isso, a Apple diz que é possível manter os aparelhos longe da tomada por pelo menos mais três horas, mesmo quando o dispositivo tem apenas 20% de carga sobrando. Além de cortar poder de processamento, animações da interface, apps em plano de fundo e atualização de informações de email, mensagens e outras ficam desativados.

Essa nova função do iOS 9 é um esforço da Apple para melhorar a autonomia de bateria de seus smartphones frente aos modelos da concorrência, especialmente os top de linha da Samsung, que contam com o Ultra Power Saving Mode. Essa função da coreana é bem mais restritiva que a da Apple, e altera inclusive a exibição de conteúdo na tela.

Cupons de desconto TecMundo: