Entre as novidades anunciadas pela Apple durante a conferência de abertura da WWDC 2014, uma das mais comemoradas para o iOS 8 foi a "Extensibility". Esse é o nome escolhido pela empresa para avisar que será possivel integrar funções de um aplicativo em outro e permitir que serviços compartilhem dados entre si.

Entre os exemplos mostrados na conferência, será possível traduzir uma página do Safari com o Bing Translator, ou postar uma foto divertida no Pinterest com o botão da própria rede social.

Essas extensões não precisarão de uma "autorização" da Apple para integrarem outros serviços — e nem precisam ser apps da própria companhia. Por questões de segurança, eles continuam funcionando em sandboxes, sem deixar a segurança de lado.

Novos APIs permitirão o controle de mais aspectos da câmera por outros aplicativos. Por fim, o TouchID pode funcionar também para apps individuais. A senha, entretanto, sempre fica no aparelho, nunca indo para as mãos de outras empresas.

Widgets

O sistema de widgets é um pouco diferente do que você imagina: em vez de ficarem na tela inicial, eles estarão unificados na aba "Today" do centro de notificações do iOS, que pode ser acionado na lateral direita da tela.

Lá, você pode escolher quais serviços terão widgets. Previsão do tempo, placares esportivos, notícias recentes e muitos outros podem ser baixados e organizados em qualquer ordem. O sistema ainda avisa você quando um app recém adquirido tiver a opção de uma dessas extensões.

Teclados

E a Apple liberou ainda mais: além da opção padrão do iOS, será possível instalar teclados virtuais de outras empresas. A equipe responsável pelo aclamado SwiftKey já avisou que uma versão para aparelhos da Maçã está a caminho.

Cupons de desconto TecMundo: