Estudantes da Universidade de George Mason (Virgínia, EUA) criaram um extintor que não usa nada além do som. Viet Tran e Seth Robertson gastaram o equivalente a R$ 2 mil e deram forma a um dispositivo de cerca de 10 kg que, ao concentrar ondas de baixa frequência sobre uma determinada superfície, é capaz de apagar fogos de modo bastante seguro e eficiente.

O projeto já está registrado, e a dupla de engenheiros agora pensa em formas de levar o aparelho para o mercado. De acordo com Tran, uma das aplicações práticas da invenção pode ser o uso do extintor em cozinhas, sobre fogões. Outra das possibilidades é acoplar a máquina a robôs e fazê-los, assim, combater incêndios.

“Eventualmente gostaríamos de ver [o aparelho] aplicado à robótica de patrulhamento, ligado a drones que seriam destinados a incêndios florestais ou até mesmo a incêndios maiores em que a vida humana não precisaria mais ser colocada em risco”, dizem os inventores. Então que tal instalar alto-falantes pelos módulos da Estação Espacial Internacional (ISS)? “No espaço, os produtos dos extintores vão para todos os lados. Mas é possível direcionar ondas de som sem gravidade”, explicam os jovens.

Cupons de desconto TecMundo: