Você acha que tem tempo livre demais? Então, imagine o cidadão que conseguiu fazer esse relógio. A engenhoca foi montada a partir de vários componentes (resistores e diodos) soldados em um pequeno microchip que fornece energia suficiente para ativar um led, que costumava ser um contador digital.

A obra se chama “The Clock”, foi feita pelo artista Gislain Benoit e é formada por nada mais nada menos que 1.916 pequenos resistores e diodos, que unidos formaram o objeto que tem pouco mais de 6 quilogramas. O mais extraordinário é o fato de que ele foi feito à mão. Cada parte que compõe o relógio tem o seu propósito. Se uma for retirada, ele vai parar de funcionar.

O "The Clock" foi selado em uma moldura de vidro e projetado para ser montado em uma parede, assim como um quadro. Não existem botões no relógio. Para ajustá-lo, é necessário usar um imã que faz com que os interruptores magnéticos respondam aos estímulos. A unidade é alimentada por um adaptador 12VDC externo, ligado na parte de trás da armação.

O autor afirma que levou centenas de horas no período de três anos para criar a obra. Temos que concordar que, visualmente, a peça é muito bonita, tudo bem espaçado em diferentes camadas. O relógio realmente demonstra a complexidade da tecnologia digital, assim como a inteligência e paciência da mente humana.

Cupons de desconto TecMundo: