Seria legal poder amplificar alguns dos seus sentidos, melhorando a sua visão ou audição por meio de algum dispositivo eletrônico, não é mesmo?

Pois foi isso mesmo que alguns estudantes da Royal College of Art, de Londres, conseguiram fazer. Os alunos desenvolveram um projeto chamado Eidos, composto por duas máscaras diferentes.

Ambas trabalham com objetivos bem definidos: permitir que você escute melhor ou enxergue como se fosse um verdadeiro humanoide vindo do futuro.

Segundo o vídeo do grupo postado no Vimeo, a ideia é ajustar os nossos corpos à evolução tecnológica. De acordo com o grupo, gadgets portáteis e todo o ambiente à nossa volta vêm mudando constantemente, porém os nossos corpos ainda são os mesmos — e isso precisaria ser resolvido.

Veja em detalhes e escute só o que você quer

As duas máscaras trabalham de forma separada. A primeira, uma espécie de visor, trabalharia junto com um software. Uma câmera envia os dados daquilo que você quer enxergar para um PC. Nele, um software específico insere efeitos especiais em tempo real, permitindo que você consiga visualizar um rastro de movimentos por trás dos atletas ou focar em elementos visuais que realmente são importantes para você em algum determinado momento.

Permitindo efeitos na vida real (Fonte da imagem: Reprodução/Vimeo)

A segunda parte do projeto Eidos é uma máscara que permite ao seu usuário ouvir somente aquilo que você desejar. Por meio de um microfone direcional, ela foca em uma parte específica do ambiente, eliminando todo o ruído que há em volta e levando para você, por meio de uma transmissão intracraniana, somente os sons que você quer escutar.

Apesar de a Eidos ser conceitual, a ideia do grupo de estudantes é realmente ajudar na evolução dos seres humanos. Algumas das questões levantadas pelo projeto são realmente interessantes, como utilizar o sistema de audição para ajudar crianças que tenham problemas de déficit de atenção nas salas de aula, por exemplo.

Cupons de desconto TecMundo: