Se você mora no Brasil e está reclamando do calor dos últimos dias... Acredite, podia ser pior. Milhares de australianos estão não apenas sofrendo com os mais de 44° C que contemplam a cidade, mas acabaram também ficando offline por várias horas esta semana por conta da alta temperatura.

Milhares de clientes da segunda maior fornecedora de serviços de internet do país, a iiNet, ficaram sem conexão por cerca de seis horas e meia, porque a empresa resolveu desligar os servidores como “medida de precaução”.

“Nosso centro de dados [da cidade] de Perth estava sujeito a falha parcial dos sistemas principal e auxiliar de refrigeração”, disse Mark Dioguardi, chefe de tecnologia da iiNet. “Isso, juntamente ao calor extremo, trouxe a necessidade de um desligamento de parte de nossos servidores.”

A empresa se desculpa

Dioguardi afirmou também que era estimado que apenas 2% dos clientes fossem afetados pela medida, mas que várias pessoas tiveram problemas na hora da reconexão. “Nós estamos conduzindo uma investigação completa sobre esse evento e preparando os sistemas para evitar que aconteça novamente no futuro”.

A empresa também pediu desculpas aos clientes em uma publicação oficial. O problema afetou pessoas nos estados de Nova Gales do Sul, Austrália Ocidental, Vitória e Austrália Meridional.

Segunda-feira, dia 5 de janeiro, foi o dia mais quente no país desde o verão de 1991. 2014 foi o terceiro ano mais quente da Austrália desde que se iniciaram os registros meteorológicos em 1910.

Cupons de desconto TecMundo: