Enquanto aqui no Brasil caminhamos em direção a uma internet mais justa com o projeto do Marco Civil, parece que os norte-americanos estão em uma guerra ferrenha com o governo para manter seus direitos ao navegar pela rede.

Isso porque o FCC (o órgão do país equivalente à Anatel, por aqui) está revendo as leis do acesso à internet nos EUA. E entre as possíveis mudanças, há a possibilidade da aprovação de uma proposta que permitiria que as operadoras fizessem distinção do conteúdo acessado; em resumo, o pessoal por lá teria que pagar extra para acessar sites grandes como serviços de vídeos e redes sociais com a velocidade pela qual eles pagaram originalmente.

Por uma rede neutra, como deve ser

Em protesto a isso, uma série de sites dos EUA está protestando de um jeito bem diferente no dia de hoje (10): eles estão utilizando um plugin que faz com que o carregamento de seu conteúdo seja bem mais lento. Mais exatamente, tão lento quanto seria com a aprovação da proposta, segundo o The Guardian.

Não pense que esse protesto se resumiu apenas a sites pequenos. Entre os que estão participando, temos nomes grandes, como Etsy, FourSquare, Kickstarter, Netflix, Reddit, Pornhub e Vimeo. Já alguns como o Twitter, o Tumblr e a Google enviaram declarações em suporte à neutralidade da rede.

A ação tem como objetivo chamar a atenção do público para o caso, visto que o prazo para o envio de comentários ao presidente do FCC Tom Wheeler com relação à proposta acaba no dia 15 deste mês. Agora, será que a tentativa vai dar certo? Torçamos que sim.

Cupons de desconto TecMundo: