(Fonte da imagem: Reprodução/Gizmodo)

Informações obtidas pelo jornal Wall Street Journal mostram que a NSA (National Security Agency, ou Agência de Segurança Nacional) tem acesso a uma fatia da internet norte-americana maior do que havia anunciado anteriormente. Segundo a publicação, o órgão pode acessar 75% do tráfego de dados que passam pelos Estados Unidos, o que inclui informações consideradas privadas, como mensagens de email.

“O sistema funciona da seguinte maneira: a NSA pede que as companhias de telefonia permitam o acesso a vários canais de tráfego que podem conter informações sobre inteligência estrangeira. Eles não fiscalizam todos os dados, somente aquelas áreas de interesse”, afirma a publicação.

Após determinar os canais que devem ser fiscalizados, a agência norte-americana utiliza uma espécie de filtro que destaca todas os conteúdos relacionados à área pela qual ela demonstrou interesse. Anteriormente, a NSA havia afirmado que só fiscalizava 1,6% das informações da rede mundial, algo que as revelações do Wall Street Journal mostram que pode não ser exatamente verdade.

Cupons de desconto TecMundo: