Instituição faz sua conferência em Durban, na África do Sul. (Fonte da imagem: Divulgação/ICANN)

Até hoje, os endereços para qualquer página na internet eram digitados no navegador tendo como base o alfabeto latino ou romano, já que a maioria das línguas ocidentais segue esse padrão, com algumas variações apenas. Para mudar esse cenário e deixar a internet mais “amigável” em alguns países, o ICANN (Internet Corporation for Assigned Names and Numbers), a instituição responsável por regulamentar o registro de novos domínios no mundo inteiro, legalizou a existência de quatro novos domínios para a internet:

  • .شبكة (árabe para "Web")
  • .游戏 (mandarim para "jogo")
  • .онлайн (russo para "Online")
  • .сайт (russo para "Web site")

O conselho diretor da instituição está reunido na África do Sul para tratar desse e de vários assuntos e considerou que esta é a primeira vez que pessoas desses países poderão navegar na internet digitando endereços completamente em seus idiomas.

Além da criação desses domínios, assuntos polêmicos como o “.amazon” e o “.patagonia” também entraram em pauta. A empresa de varejo norte-americana Amazon teria reivindicado ambos os endereços para o ICANN com a finalidade de utilizá-los para fins comerciais, mas enfrenta grandes dificuldades impostas por governos, principalmente o brasileiro, para conseguir registrar o pedido.

O “.patagonia” já foi rejeitado pela instituição por fazer referência direta a uma região na Argentina  e o “.amazon” ainda tramita, mas deve ser rejeitado da mesma forma, sendo que se refere à Floresta Amazônica, que domina boa parte do norte da América do Sul.

Cupons de desconto TecMundo: