(Fonte da imagem: Reprodução/Black Friday)

Quem acompanhou a repercussão da Black Friday deste ano nas redes sociais pode até pensar que o evento virtual foi um fiasco; no entanto, pelos dados divulgados pelo site Busca Descontos – organizador do Black Friday brasileiro –, a realidade está muito distante disso.

Segundo Pedro Eugênio, CEO do Busca Descontos, as vendas ultrapassaram a marca de R$ 217 milhões, totalizando mais de 541 mil pedidos durante as 24 horas de sexta-feira (23/11). O número é um recorde na história de vendas pela internet no Brasil.

Em entrevista ao site Olhar Digital, Eugênio disse que o consumidor brasileiro está “mais inteligente” ao fazer as compras. “As lojas que fizeram ofertas verdadeiras conseguiram vender muito bem, e as que maquiaram os preços queimaram o filme com o consumidor”. Os problemas com as lojas aconteceram principalmente em grandes redes varejistas, que inclusive foram notificados pelo Procon.

A lista de produtos vendidos trouxe os eletrônicos no topo, com itens de informática, celulares, eletrodomésticos e games em seguida. Mesmo com toda a polêmica envolvendo a suposta má-fé de algumas lojas, Eugênio afirma que o Black Friday no Brasil teve crescimento de vendas de 117% em relação ao ano passado.

Cupons de desconto TecMundo: