Google aprimora reconhecimento de tons de pele em seus produtos

1 min de leitura
Imagem de: Google aprimora reconhecimento de tons de pele em seus produtos
Imagem: Google
Avatar do autor

Nesta quarta-feira (11), o Google anunciou que está adicionando uma nova paleta de tons de pele em todos os seus produtos. Em parceria com o professor e sociólogo de Harvard, Dr. Ellis Monk, foi desenvolvido um novo esquema de cores com 10 tons, projetado para ser “mais inclusivo com o espectro de tons de pele que vemos em nossa sociedade”.

O Dr. Monk estuda como o tom de pele e o colorismo afetam a vida das pessoas há mais de 10 anos e destaca o fato da heterogeneidade nas divisões étnicas e raciais como o motivo de muitas pessoas se sentirem pouco representadas.

Segundo o Google, a escala Monk ajudará o setor de tecnologia a entender melhor a representação nas imagens, permitindo construir conjuntos de dados mais inclusivos para treinar e avaliar modelos de IA quanto à imparcialidade, resultando em recursos e produtos que funcionam melhor para todos.

Aplicação nos produtos do Google

A paleta será utilizada para melhorar a representatividade no Google Pesquisa através de um filtro que irá refinar os resultados para o tom desejado. No entanto, para melhorar a experiência, será necessário rotular os conteúdos online.

Sendo assim, nos próximos meses, o Google lançará uma maneira para que as marcas, criadores e editores “rotulem” seus conteúdos, atribuindo detalhes como tom de pele, cor e textura do cabelo. Este recurso permitirá que os mecanismos de pesquisa e outras plataformas encontrem os conteúdos com mais facilidade.

A escala também será utilizada para aprimorar o Real Tone do Google Fotos, com um novo conjunto de filtros que serão lançados no aplicativo para Android, iOS e Web nas próximas semanas.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes