Spotify remove músicas de Neil Young após polêmica com Joe Rogan

1 min de leitura
Imagem de: Spotify remove músicas de Neil Young após polêmica com Joe Rogan
Imagem: Unsplash

Nas últimas semanas, o podcaster e comediante Joe Rogan foi criticado por causar desinformação sobre a vacinação do coronavírus (Sars-CoV-2). Então, o cantor Neil Young publicou uma carta aberta ao Spotify, exigindo que a plataforma removesse o podcast ou as suas músicas. O serviço de streaming escolheu continuar com o programa The Joe Rogan Experience.

De acordo com informações do The Wall Street Journal, o Spotify já começou a remover as músicas de Neil Young da plataforma. Nesta semana, o cantor pediu apoio do seu empresário e gravadora, Warner Rercods, para requisitar ações do Spotify para acabar com a desinformação causada pelo podcast de Rogan.

Podcast The Joe Rogan Experience.Podcast The Joe Rogan Experience.Fonte:  YouTube 

“Estou fazendo isso porque o Spotify está espalhando informações falsas sobre vacinas — potencialmente causando a morte daqueles que acreditam que a desinformação está sendo espalhada por eles... Eles podem ter Rogan ou Young. Não os dois”, disse o músico em carta aberta.

Joe, Neil ou dinheiro?

Em um comunicado ao The Wall Street Journal, o Spotify disse que lamenta da decisão de Neil, mas que espera recebê-lo de volta em breve. De acordo com a plataforma, eles querem que todo o conteúdo de música e áudio do mundo esteja disponível para os usuários do Spotify, contudo, acreditam que é necessário equilibrar a “segurança dos ouvintes e a liberdade dos criadores”.

Após o sucesso mundial do podcast The Joe Rogan Experience no YouTube, o apresentador fechou um acordo de US$ 100 milhões (cerca de R$ 538 milhões na cotação atual) e exclusivo com o Spotify — talvez por isso, o serviço de streaming tenha escolhido continuar com o podcaster.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.