Wikipedia bane editores chineses acusados de 'infiltração'

1 min de leitura
Imagem de: Wikipedia bane editores chineses acusados de 'infiltração'
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

A Fundação Wikimedia anunciou na última segunda-feira (13) ter banido sete editores chineses infiltrados na Wikipedia, que estavam “ameaçando os fundamentos da plataforma”. A medida sem precedentes, que incluiu também a remoção dos privilégios de administrador de outras 12 pessoas, foi tomada após quase um ano de investigações.

De acordo com a vice-presidente da Fundação Wikimedia, Maggie Dennis, os usuários banidos eram ligados a um grupo conhecido como “Wikimedianos da China Continental” (WMC), composto por quase 300 pessoas. Eles estariam editando artigos da Wikipedia para promover os “objetivos da China”, aplicando uma série de filtros às publicações.

Esses editores ainda foram acusados de ameaçar e extorquir voluntários da plataforma em Hong Kong, contrários ao governo chinês. Segundo o site Hong Kong Free Press, que havia denunciado os problemas em julho, alguns deles sugeriram divulgar dados dessas pessoas e denunciá-las à polícia local.

A enciclopédia colaborativa foi lançada em 2001.A enciclopédia colaborativa foi lançada em 2001.Fonte:  Wikipedia/Reprodução 

Além de pressionar pelo uso da mídia estatal chinesa como fonte confiável de notícia na redação de artigos relacionados aos protestos em Hong Kong, os infiltrados também estariam agindo em outra área. Havia a preocupação de que eles estivessem manipulando as eleições para novos administradores do serviço colaborativo.

Grupo contesta banimento

Integrantes do WMC criticaram as ações da fundação, sediada nos Estados Unidos, afirmando que elas foram baseadas em denúncias não comprovadas. O grupo também reclama da ausência do direito de resposta dos editores banidos e acusa a Wikimedia de tentar eliminar a comunidade chinesa do serviço.

Uma sessão pública que acontecerá em breve tratará das exclusões, além de discutir formas de evitar a “captura da comunidade” e realizar eleições justas. Conforme Dennis, os voluntários precisam ter a confiança de que não há fraude na escolha de novos membros.

O banimento de usuários e a revogação de acesso são medidas relativamente raras na plataforma. Com os casos mais recentes, a Wikipedia baniu um total de 93 usuários desde 2012.