Falha tira do ar sites de bancos, governamentais e companhias aéreas

1 min de leitura
Imagem de: Falha tira do ar sites de bancos, governamentais e companhias aéreas
Imagem: Pixabay
Avatar do autor

Diversos sites de instituições financeiras, entidades governamentais e companhias aéreas ficaram fora do ar na manhã desta quinta-feira (17), gerando muitas reclamações por parte dos usuários. Esta foi a segunda queda global da internet no mês de junho.

Uma instabilidade nos sistemas da Akamai Technologies, que gerencia os serviços online de vários clientes, é apontada como a causa das interrupções. Segundo a Bloomberg, a falha gerou problemas nas páginas da Westpac Banking Corp., Commonwealth Bank of Australia e Australia & New Zealand Banking Group, entre outras empresas.

O banco central da Austrália, que precisou cancelar uma operação programada de compra de títulos, também foi afetado, assim como o sistema online do serviço postal do país e os sites dos bancos AZN e ME Bank. A companhia aérea Virgin Australia foi outra empresa a relatar problemas em suas plataformas na web, usando o Twitter para se explicar.

Houve ainda centenas de reclamações feitas no Downdetector, mencionando falhas nos sites de empresas como Delta Air Lines, Southwest Airlines e Automatic Data Processing. Os serviços ficaram fora do ar durante aproximadamente uma hora, na maioria dos casos, mas todos eles já voltaram a funcionar.

Sem explicações

O problema que levou vários sites a ficar fora do ar hoje não foi esclarecido pela Akamai. Em nota, a plataforma de hospedagem de apps e sites informou apenas que estava ciente do bug e trabalhava para “restaurar os serviços o mais rápido possível”.

Paralelamente, algumas das empresas afetadas também estão investigando o incidente, como a Southwest e a Bolsa de Valores de Hong Kong. Porém, elas não forneceram maiores detalhes até o momento.

Apesar da falta de informações, a suspeita é de que a queda da internet tenha sido ocasionada por uma falha semelhante à da semana passada, afetando o serviço de computação em nuvem Fastly. No caso do último dia 08, a mudança de configuração no software, feita por um cliente, desencadeou uma enorme instabilidade.

Falha tira do ar sites de bancos, governamentais e companhias aéreas