Disney+ fechou 2020 com quase 95 milhões de assinantes

1 min de leitura
Imagem de: Disney+ fechou 2020 com quase 95 milhões de assinantes
Imagem: Disney
Avatar do autor

A plataforma de streaming Disney+ iniciou o período de 2021 com uma nova marca de assinantes. Ao todo, segundo números de 2 de janeiro deste ano, o serviço acumula 94,9 milhões de clientes pagantes.

O período marca um momento de transição entre dois grandes lançamentos: o final da segunda temporada de "O Mandaloriano", elogiada série da franquia Star Wars, e o início de "WandaVision", baseada no Universo Cinematográfico da Marvel. Entre longas-metragens, o mês marcou a estreia de "Soul", uma animação da Pixar.

Dados divulgados em dezembro de 2020 comprovam o crescimento acelerado da plataforma, que na época tinha 86,8 milhões de assinantes com pouco mais de um ano de funcionamento. O crescimento não chega a ser o mesmo que foi registrado em 2019, quando 1 milhão de novos assinantes eram computados por dia, mas a expansão continua — sendo que alguns mercados ainda não receberam oficialmente a plataforma.

Futuro

Com cada vez mais investimentos no streaming, a empresa agora mira derrubar parte do público hoje assinante da rival Netflix.

De acordo com a Variety, a totalidade de empreendimentos digitais da Disney fechou o último trimestre do ano passado atendendo a 146,4 milhões de pessoas, incluindo as plataformas Disney+, Hulu e ESPN Plus. Vale lembrar que a companhia vai lançar um novo serviço em alguns mercados: o Star+, que aposta em um catálogo mais adulto e chegará inclusive ao Brasil.

Imagem: Assine o Disney Plus
Imagem: Tecmundo Recomenda

Assine o Disney Plus

O serviço da Disney conta com filmes, séries e programas especiais da Pixar, Marvel, Star Wars e National Geographic. Tudo isso por apenas R$ R$ 27,90/mês.

Fontes

Disney+ fechou 2020 com quase 95 milhões de assinantes