Os 7 melhores memes de 2020

2 min de leitura
Imagem de: Os 7 melhores memes de 2020
Imagem: Hugo Gloss/Reprodução
Avatar do autor

Num ano em que nada pareceu dar certo – a começar pela pandemia da covid-19 – o que nos salvou da angústia e do desespero, muitas vezes, foram os memes. Criativos, irreverentes, e até proféticos, essas criações populares conseguiram causar gostosas gargalhadas dentro de um cenário de dor.

Por isso, fizemos uma lista com os sete memes mais badalados de 2020. Para lembrar e voltar a sorrir.

7. Cabeleleila Leila

Criação do humorista Eduardo Sterflitch no talk show “Sterblitch Não Tem um Talk Show”, “Cabeleleila Leila” apresenta um salão de beleza fictício com jogos de palavras que divertem o telespectador.

6. iPhone 12 sem carregador

Quando a Apple apresentou ao mundo o seu aguardado iPhone 12 em outubro, um detalhe causou decepção entre os consumidores: o dispositivo não vem mais nem com fone de ouvido nem com carregador. Até aí tudo bem, mas quando o discurso da Maçã justificou a ausência por "questões ambientais", a galera não perdoou, e começaram a surgir vários memes

5. Meme do Caixão

Esse é um caso de adaptação: o meme Dancing Pallbearers ou Dancing Coffin é de 2015, mostrando alegres carregadores de caixão em Gana, mas logo foram relacionados com a covid-19, entre março e abril, e passaram a fazer parte do imaginário da quarentena como sinônimo de morte.

4. Raíssa e Yarlei: Trava na beleza

Surgido no Twitter, o vídeo dos irmãos, Raíssa (Titia Rayon) e Yarlei, viralizou a partir de comandos, como "trava na beleza", feitos por Yarlei e imediatamente coreografados por Raíssa. O meme se tornou tão popular que acabou ganhando figurinha no WhatsApp, com a famosa "Pose de Maloqueira".

3. Felipe Neto explica: Enfim, a hipocrisia

"Enfim, a hipocrisia" surgiu no Twitter em junho, mas logo viralizou para diversas redes, com inúmeras adaptações. Representado originalmente pela imagem de um cachorro olhando pensativo para o horizonte, a piada brinca com contradições de palavras, do tipo "é ateu, mas diz adeus e não aciência". Foram tantas as variações que mereceram uma compilação do youtuber Felipe Neto.

2. Dr. Dráuzio Varella: vontade de abraçar, né minha filha?

Fonte: Museu de Memes/ReproduçãoFonte: Museu de Memes/ReproduçãoFonte:  Museu de Memes 

Dr. Dráuzio Varella, um dos médicos mais famosos do Brasil, fazia uma entrevista com uma presidiária trans, para o programa "Fantástico", quando perguntou a certa altura para a entrevistada: "Solidão, né minha filha?". A frase foi adaptada e logo virou o meme preferido do isolamento social: "saudade de bater perna, né minha filha?", "saudade de abraçar, né minha filha?", "saudade de aglomerar, né minha filha?".

1. Cardi B e o Coronaváirus

Logo no comecinho da pandemia da covid-19, em março, diversas publicações de conscientização à população mundial foram publicadas na web, entre elas um vídeo da rapper norte-americana Cardi B. A mensagem que, a princípio era para ser séria, virou meme pela forma como ela fala "coronaváirus", tornou-se profética pela gravidade da pandemia e foi, com certeza, o melhor meme do ano.