Apple deve ultrapassar Huawei em vendas no final de 2019

1 min de leitura
Imagem de: Apple deve ultrapassar Huawei em vendas no final de 2019
Avatar do autor

A Apple deve ultrapassar a posição da Huawei na comercialização global de celulares no quarto trimestre de 2019. De acordo com relatório do site DigiTimes, o cenário pode mudar, devido ao aumento das vendas da linha iPhone 11 e do impacto gerado pela guerra comercial entre os Estados Unidos e a China. No ranking, a Samsung lidera hoje o setor, seguida da fabricante chinesa e da companhia norte-americana.

Embora a gestão Trump tenha limitado a atuação da Huawei, a gigante asiática vendeu 60 milhões de aparelhos logo no primeiro e segundo trimestres de 2019. Porém, com a manutenção dessas medidas políticas, haveria chances de esse número cair para 50 milhões logo no terceiro trimestre, e mais adiante retornar para a mesma fração do início do ano.

O fenômeno deve ocorrer mesmo com o recém-lançamento do Huawei Mate 30 Pro, considerado um dos melhores aparelhos do momento, que também recebeu influência negativa da intervenção norte-americana. Exemplo disso seria que o celular top de linha não pôde receber suporte dos app da Google, essenciais para a maioria dos usuários de aparelhos móveis.

Huawei Mate 30 é um dos aparelhos impactados com a guerra comercial entre EUA e China. (Fonte: Huawei/Divulgação)

iPhone tem alta demanda

Segundo a consultoria IDC, a Apple comercializou 36 milhões de iPhones no primeiro trimestre de 2019; no segundo, isso diminuiu para 34 milhões. Esse volume seria ainda menor no terceiro trimestre, com 30 milhões de unidades vendidas. O motivo para a queda estaria no aguardado lançamento da nova geração iPhone 11, em setembro.

Nesse sentido, o site Nikkei Asian Review apontou recentemente que a Apple estaria com uma forte demanda mundial dos novos aparelhos e inclusive teria ampliado cerca de 10% de sua produção. Com isso, a companhia de Cupertino deve encerrar os últimos três meses deste ano com cerca de 70 milhões de aparelhos distribuídos. Logo, forneceria 10 milhões de unidades a mais do que a Huawei em todo o mundo no período.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Apple deve ultrapassar Huawei em vendas no final de 2019