Amazon vence processo de 7 anos e vira proprietária do domínio '.amazon'

1 min de leitura
Imagem de: Amazon vence processo de 7 anos e vira proprietária do domínio '.amazon'
Avatar do autor

A Amazon está a um passo de ganhar em definitivo um processo de 7 anos contra países da América Latina, o que inclui o Brasil. A ação judicial permitirá que a gigante do comercio eletrônico utilize sozinha os domínios ".amazon" na internet.

Tudo começou em 2012, quando Brasil, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela, Guiana e Suriname entraram com uma notificação na Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números (Icann), o órgão que gerencia os domínios na rede. De acordo com os países, o ".amazon" não deveria ser de uso exclusivo de uma empresa privada, mas sim utilizado para questões ambientais e geográficas em relação à Floresta Amazônica.

Entretanto, o Icann anunciou nesta segunda-feira (20) que a Amazon pode, sim, registrar o ".amazon" sozinha. Segundo a agência Reuters, as 2 partes agora têm 30 dias de comentários públicos antes do estabelecimento do acordo.

O Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, lamentou a decisão e disse que o Icann não levou em conta os interesses dos governos sul-americanos envolvidos e que um acordo de uso comum seria a melhor alternativa. Em fevereiro, o chanceler faltou a uma reunião da Icann sobre o assunto por discordar da presença de representantes venezuelanos no encontro.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Amazon vence processo de 7 anos e vira proprietária do domínio '.amazon'