Quem nunca se embalou ao dançar ou cantar só de escutar "Despacito"? Normal, haja visto que o cantor Luis Fonsi e o rapper Daddy Yankee combinaram muito bem o gingado com a letra em espanhol. A última atualização (6.047.505.754 visualizações até a manhã de 12 de março de 2019) faz com que ele seja o primeiro vídeo do YouTube a superar esse número absurdo de audiência.

"Despacito" destronou "Gangnam Style", do rapper sul-coreano Psy, que está com 3,3 bilhões e "Shape of You", de Ed Sheeran, que ultrapassou os 4 bilhões. O detentor do recorde quebrou a marca em 2017 e já em 2018, ultrapassou os 5 bilhões de visualizações. 

Engraçado pensar que em 2014 a música do artista Psy, que faz referência a um subúrbio chique da Coreia do Sul, obrigou o Google a mudar o YouTube, pois a plataforma teve que ampliar a forma de exibir o número de reproduções de um vídeo por conta da audiência. O site só permitia até 2.147.483.647 visualizações. Na época, entrou para o Guiness Book, o livro de recordes. 

Algumas marcas de "Despacito"

  • Vídeo com mais “curtidas” na história; 
  • Vídeo que atingiu mais rápido a marca de 2 bilhões e 2,5 bilhões de reproduções;   
  • Vídeo de música mais visto no ano de 2017 em 40 países. 

A história do Despacito no YouTube começou em janeiro de 2017, então podemos contar que demorou cerca de 2 anos para atingir seu marco notável. De acordo com o YouTube, o Brasil é o segundo lugar no ranking de países que mais assistem ao clipe. Os acessos passam de 8 milhões por dia. Será que algum vídeo será capaz de bater essa marca que só continua aumentando?