Rumores nos bastidores da indústria ventilavam a possibilidade de um grande evento da Apple para o dia 25 de março, no Steve Jobs Theater, que fica no campus Apple Park. Agora, isso se confirma, com um convite enviado pela própria Gigante de Cupertino. A tagline “It’s show time” deixa pouco espaço para imaginação, pois é a mesma utilizada em 2006, quando passou a oferecer filmes via iTunes e com o Apple TV. Ou seja, como era de se esperar, a data deve ser mesmo para apresentação de seus novos serviços de streaming.

A Apple também deve atualizar o iOS para melhorar sua transmissão de conteúdo audiovisual

Já cogitado no ano passado, quando teria passado por uma reformulação de conteúdo, a plataforma da Apple para competir com a Netflix estaria pronta para ser mostrada no dia 25. Entre as produções originais estariam filmes da independente A24 (“Lady Bird”, “Moonlight”, entre outros) e iniciativas de saúde e bem-estar da Oprah Winfrey Network (substituta do Discovery Health Channel).

appleFonte: Apple

A Maçã ainda tem dois shows escritos pelos criadores da “Vila Sésamo” e um reboot para a antologia sci-fi “Amazing Stories”; “See”,uma distopia nos moldes de “Jogos Vorazes”, projetos com os diretores de Damien Chazelle (“La La Land”) e M. Night Shyamalan (“Vidro”, “O Sexto Sentido”); um drama espacial com Ron Moore (“Battlestar Galactica”) e outro mais tradicional com Reese Witherspoon e Jennifer Aniston; uma adaptação de “Fundação”, de Isaac Asimov; e possivelmente uma animação de destaque.

Algumas fontes dizem que poderia estrear já em abril, antecedendo a chegada de novos dispositivos, que poderiam vir com assinaturas gratuitas por certo período para aumentar as vendas e manter novos usuários no ecossistema da empresa. Entre os aparelhos estariam o iPad mini 5, a sétima geração do iPad, o tapete de carregamento AirPower e o retorno do iPod Touch — mas é e menos provável que esses produtos apareçam no mesmo dia.

A “Netflix das revistas”

Outro serviço que também deve ser apresentado é Apple News, uma “Netflix de revistas”, que reúne diversas publicações a US$ 9,99 por mês. Entre as ofertas estariam mais de 200 publicações, incluindo periódicos de peso, como The Wall Street Journal e o The New York Times. Embora alguns relatos indiquem uma certa relutância à adesão, pois a Maçã estaria cobrando 50% da receita pela distribuição desses conteúdos, é bem possível que o Apple News já seja apresentado.

Também está sendo aguardado o anúncio do update 12.2 do iOS, que traz suporte para que os novos serviços sejam melhor usufruídos em dispositivos e em smart TVs, com o HomeKit, a Siri e o app Apple Home.

appleFonte: Apple

É, meus amigos, o mercado de streaming deve receber um chacoalhão muito em breve e ainda promete muito mais, com iminente chegada do Disney+. E aí, animados com a novidade? Ficaremos de olho para contar tudo o que a Maçã tem nas mangas no próximo dia 25.

Cupons de desconto TecMundo: