A essa altura do campeonato você já deve estar ciente das polêmicas envolvendo as brincadeirinhas ofensivas à cultura japonesa e um controverso vídeo realizado na chamada Floresta dos Suicidas, tudo obra do youtuber Logan Paul. Pois é, mesmo depois de congelar seus projetos e do mesmo ter pedido desculpas pelos ocorridos, a plataforma segue mostrando severidade  para evitar casos semelhantes: agora, o YouTube bloqueou os anúncios em seus canais.

“Após uma cuidadosa avaliação, decidimos suspender temporariamente os anúncios nos canais de YouTube de Logan Paul. Esta não é uma decisão leve. Contudo, acreditamos que ele exibiu um padrão de comportamento em seus vídeos que faz seu canal não apenas inadequado para os anunciantes, como também prejudicial para a ampla comunidade de criadores”, comunicou um porta-voz, ao The Verge.

Isso significa que Paul não vai mais poder faturar com publicidade em suas contas no serviço de distribuição audiovisual, o que analistas estimam ser algo em torno de US$ 1,2 milhão mensal. E engana-se quem acha que essa punição se restringe apenas ao caso de suas peripécias no Japão. Ao voltar a postar, o cara lançou um desafio que tem como mote a ingestão de detergentes TidePods.

Isso sem contar o uso de tasers em ratos mortos e a utilização inadequada de hashtags. Caso continue violando os termos de uso e orientações da companhia, ele pode até mesmo deixar o Programa de parcerias do YouTube, o que impediria indefinidamente a monetização de seu conteúdo por ali.