De acordo com um comunicado oficial enviado ao TechCrunch hoje (25), a Apple está modificando o buscador padrão da Siri, do serviço de pesquisa interno do iOS e do Spotlight do macOS para o Google Search. Até então, esses serviços da Apple todos usavam o Bing como ferramenta de busca na web.

A Apple não indicou que essa mudança tem a ver com um acordo comercial de US$ 3 bilhões para tornar o Google Search o recurso padrão de buscas em aparelhos da marca, mas é provável que sim. A Maçã simplesmente informou que a mudança tem a ver com a necessidade de oferecer “experiências consistentes” a seus usuários, uma vez que o Safari já tinha o Google como buscador padrão em todas as plataformas que opera atualmente.

“Passar a usar o Google como o provedor de buscas padrão para a Siri, para o buscador interno do iOS e para o Spotlight no Mac fará com que esses serviços ofereçam uma experiência de buscas na web consistente com o padrão do Safari”, disse a Apple em seu comunicado. A companhia ainda informou que mantém boas relações com Google e Microsoft e continua comprometida em entregar a melhor experiência ao usuário.

Apesar dessa modificação, a busca por imagens na Siri continua sendo fornecida pelo Bing. Para vídeo, entretanto, o padrão agora é o YouTube, que também pertente à Google.

Sem propaganda?

De acordo com o TechCrunch, entretanto, os resultados de buscas do Google diretamente nos aparelhos da Apple serão providos pela API do serviço. Isso quer dizer que não haverá anúncios na página de resultados nem rastreamento de buscas por parte da Google. Somente quando os usuários de produtos da Apple clicarem em algum elemento é que eles receberão propaganda e terão informações de navegação recolhidos.

O Bing tem crescido consistentemente desde o seu lançamento

A Microsoft também se pronunciou sobre o caso e explicou que valoriza seu relacionamento com a Apple e pretende continuar sua parceria na busca por imagens na Siri. “O Bing tem crescido consistentemente desde o seu lançamento, e agora representa um terço de todas as buscas feitas através de PCs nos EUA”, declarou a empresa. “O Bing também oferece resultados de busca para muitos outros parceiros, incluindo Yahoo (Verizon), AOL e Amazon”, completou.

Infelizmente, não temos informações o suficiente para avaliar algum tipo de prejuízo para a Microsoft ou de lucro para a Google depois dessa mudança. Quem podemos afirmar que não está perdendo dinheiro nessa jogada, entretanto, é a Apple.

Cupons de desconto TecMundo: