O YouTube vai expandir seu serviço chamado Sponsorships, uma espécie de concorrente do Twitch, que veicula vídeos exclusivos de criadores de conteúdo da plataforma em troca de uma assinatura mensal. Atualmente, ele já funciona por meio do aplicativo YouTube Gaming, que transmite os jogos de gamers famosos tanto ao vivo quanto gravados e editados.

A ideia agora é que o Sponsorships seja ampliado para todos os criadores de conteúdo do YouTube, independentemente de estarem ligados à transmissão de vídeos de jogos. Tudo ainda está em fase Beta de testes, mas podemos ter isso liberado para todo mundo muito em breve. A ideia é que o Sponsorships substitua o programa de canais pagos que nunca chegou a dar muito certo no YouTube por não ter sido muito utilizado.

Correndo atrás

Quem já conhece bem esse mundo é a plataforma Twitch, já famosa entre os gamers

O objetivo do YouTube agora é entrar no mercado de canais com assinaturas, que são usadas para custear algum projeto específico ou mesmo ajudar o criador a manter a produção de conteúdo. Quem já conhece bem esse mundo é a plataforma Twitch, já famosa entre os gamers, e a Patreon, uma espécie de crowdfunding para o desenvolvimento de conteúdo.

O Twitch possui três categorias de assinatura com os preços de US$ 5, US$ 10 e US$ 25, ou R$ 17, R$ 31 e R$ 78 aproximadamente. Já o Patreon trabalha com valores variados.

Quem pode usar?

Para poder fazer uso do Sponsorships do YouTube com o conteúdo que você produz, é necessário seguir algumas exigências da plataforma: você precisa ter um canal de jogos que seja monetizado, permitir a realização de transmissões ao vivo, ter mais de 1 mil seguidores, pelo menos 18 anos de idade e estar em um dos locais onde o serviço já funciona (o Brasil é um deles).

Ainda não se sabe quando o recurso vai estar disponível para todos os canais que não sejam de games, mas com a intenção do YouTube em desbancar esses concorrentes, pode ser que esse seja o futuro dos sites de streaming de vídeo na internet.

Cupons de desconto TecMundo: