O YouTube é um sucesso absoluto no mundo todo e não seria diferente aqui no Brasil. Cada vez mais presente na vida dos brasileiros, o portal da Google é quase uma unanimidade entre quem usa a internet por aqui, sendo acessado por nada menos do que 95% da população online brasileira ao menos uma vez por mês.

Esse e outros dados estão no relatório YouTube Insights, publicação que reúne dados de algumas das principais categorias do site a fim de oferecer matéria-prima para o planejamento de agências e marcas. Além da análise das categorias Games, Gastronomia Música e Moda & Beleza, o estudo desse ano também leva em conta a modalidade Futebol e contou com pesquisa inédita realizadas com 5.450 pessoas das classes A, B e C dos principais centros do país.

Alguns dos principais destaques são:

  • 96% dos jovens de 18 a 35 anos acessam o YouTube
  • 63% dos consumidores de afinidades no YouTube dizem que não conseguiriam viver sem a plataforma
  • 87% concordam que é uma plataforma que permite o consumo de qualquer tipo de conteúdo, quando e onde quiser
  • Quem assiste a afinidades é 1,3 vez mais propenso a comprar alguma novidade
  • Quase metade dos usuários de YouTube tem filhos: 46%
  • 50% dos usuários de afinidades curtem/avaliam um vídeo assim que assistem
  • 96% dos consumidores de afinidades no YouTube acessam a internet todos os dias, principalmente por meio do smartphone (82%) e do computador (66%)
  • 4 em cada 10 consumidores de YouTube se conectam à plataforma entre 17h e 00h

Fonte de informação

Um dado bem interessante levantado pela pesquisa é a prevalência de conteúdos em vídeos em relação àqueles oferecidos em formato de texto. Isso fica evidente em dados como os 79% dos pesquisados que concordam ser melhor assistir a tutoriais do que ler instruções escritas.

Além disso, cada vez mais o YouTube deixa de ser “um site de vídeos” pura e simplesmente para se tornar uma fonte de informação.  Isso porque 59% afirmaram ser melhor se atualizar pelo YouTube do que ver notícias, enquanto 31% dos consultados consideram a plataforma uma fonte de aprendizado.

Música

A música é o principal conteúdo consumido no YouTube. Isso não chega a ser uma novidade, visto que as publicações mais populares do site são exatamente clipes musicais. Atualmente, a audiência do YouTube brasileiro é a mesma que a do rádio no país quando se leva em conta o público acima de 12 anos das classes A, B e C.

O YouTube brasileiro tem, atualmente, a mesma audiência que a rádio no país

O consumo de música é massivo nas três classes consultadas na pesquisa: 86% da classe A, 83% da classe B e 78% da classe C. No Brasil, metade dos 10 vídeos mais vistos até junho de 2017 são de música sertaneja. UM dado curioso é que o interesse por David Bowie nos consumidores brasileiros de YouTube cresceu 909% em janeiro de 2016, mês de sua morte.

Gastronomia

O destaque de gastronomia fica por conta de 68% da população online brasileira assistir a conteúdos do tipo no YouTube, o que faz da plataforma também um grande livro de receitas. A maioria desse público tem entre 18 e 34 anos (66%) e faz isso a partir da tela do celular (72%). O grande destaque culinário são as comidas japonesas, que atraem interesse 556% maior do que o restante, enquanto a busca por bolo é a maior durante o ano todo.

Outros destaques dessa categoria são:

  • 50% cozinham para o parceiro e 61% para a família
  • 80% das buscas são por receitas tradicionais
  • 51% consideram cozinhar um momento de prazer
  • Buscas por vídeos para preparo de marmita e comida congelada cresceu 163%
  • 307% foi quanto cresceram as buscas por como usar utensílios de cozinha em 2017

Games

Ao todo, 56 milhões de brasileiros consomem conteúdos de games online. A maioria das pessoas que fazem isso no YouTube (73%) tem entre 18 e 34 anos. Um dado curioso aqui é que a audiência desse tipo de conteúdo entre o público LGBT+ é maior do que a média geral: 13% versus 10%. A cada 10 pessoas que assistem a vídeos de jogos no YouTube brasileiro, apenas duas são mulheres.

O interesse em vídeos de games no YouTube é maior entre o público LGBT+ do que a média geral

Indo além do YouTube, outros dados interessantes revelados pelo Insights incluem:

  • 77% dos consumidores de gaming no YouTube costumam jogar sozinhos
  • A cada 10 jogadores conectados no YouTube, 2 são mulheres
  • Temos 1,285 bilhões de católicos no mundo e 2,2 bilhões de gamers
  • A final da NBA de 2016 teve uma audiência de 30,8 milhões de pessoas. A final de Legue of Legends, 43 milhões

Moda & Beleza

Um dado interessante relacionado a essa categoria é um maior interesse do público masculino: 31% em 2017 contra 21% em 2016. Ao todo, 76% dos brasileiros conectados consomem moda, beleza e estilo de vida na plataforma da Google, com 69% desse público composto por jovens entre 18 e 34 anos.

Outros destaques desse grupo incluem:

  • 69% dos consumidores desse conteúdo têm entre 18 e 34 anos
  • 85% dos consumidores que acompanham Moda&Beleza no YouTube acreditam que a beleza vem de dentro. Em 2016, esse número era de 79%
  • 60% dos consumidores acessam conteúdos sobre o tema na plataforma uma ou mais vezes por dia
  • 54% das mulheres afirmam que ser bonita significa assumir suas diferenças e personalidade
  • 84% dos consumidores acreditam que a plataforma oferece conteúdos para todos os tipos de pele e rosto.
  • 81% dos consumidores acham que o YouTube é para todos os gêneros e opções referentes à sexualidade
  • 90% acreditam que a plataforma ensina a fazer coisas que até então não sabiam

Futebol

Mais da metade dos consumidores de internet brasileiros (51%) assistem a vídeos relacionados a futebol no YouTube. Quem busca vídeos de futebol sempre recorre ao YouTube como primeira opção, e 30% desse público espera usar a plataforma para aprender dribles e jogadas.

Outros dados interessantes incluem:

  • 94 milhões de brasileiros se interessam por esportes
  • 60 milhões deles estão no digital, mas só 24 milhões desse grupo praticam atividades físicas
  • Consumidores de conteúdo de futebol fazem isso na escola, faculdade ou trabalho 20% a mais que os interessados em outros temas
  • 60% dos consumidores do YouTube jogam futebol na vida real e 63% jogam no videogame

Ficou interessado em ir mais afundo nas estatísticas de uso do YouTube? A Google disponibiliza a pesquisa completa no site Think With Google, é só acessar e conferir tudo nos mínimos detalhes.

Cupons de desconto TecMundo: