A Nokia Bell Labs, em parceria com a Deutsche Telekom T-Labs e com a Universidade Tecnológica de Munique, vai demonstrar em breve um novo padrão de transmissão de dados via fibra óptica mil vezes mais rápido do que o empregado pela Google Fiber nos EUA. Em testes já realizados entre algumas cidades alemãs, foram atingidas velocidades de 1 Terabit por segundo (1.000 Gbps) utilizando basicamente o mesmo equipamento presente em redes de fibra atuais.

Esse laboratório da Nokia chegou à empresa depois da aquisição da Alcatel Lucent recentemente, mas o desenvolvimento do método de transmissão de fato foi elaborado principalmente por pesquisadores da Universidade Tecnológica de Munique.

O professor responsável pela pesquisa na universidade alemã, Gerhard Kramer, exaltou o êxito de sua equipe ao ZDNet. “O sucesso dessa colaboração com a Nokia Bell Labs, que desenvolveu ainda mais nossa tecnologia, e com a Deutsche Telekom T-Labs, que a testou sob condições reais, é uma confirmação satisfatória de que a engenharia da nossa universidade é símbolo de qualidade incrível…”, afirmou Kramer.

GoT em um segundo

Os responsáveis pelo projeto também colocaram em perspectiva quão rápida seria uma internet de 1 Tbps: seria possível baixar todos os episódios de todas as temporadas de Game of Thrones em apenas um segundo.

Isso acabaria com gargalos e minimizaria a necessidade de investimentos para oferecer conexões mais velozes

Vale destacar que, por enquanto, não há demanda para conexões desse naipe em residências, mas elas certamente seriam muito úteis em backbones de operadoras de telecomunicações.

Isso acabaria com gargalos e minimizaria a necessidade de investimentos para oferecer conexões mais velozes em locais que ainda não são atendidos adequadamente. Para se ter uma ideia, muitos backbones operam atualmente em apenas 40 Gbps ou 100 Gbps. Considerando esse cenário mais avançado, a tecnologia alemã poderia melhorar pelo menos cem vezes o desempenho dessas redes estruturais.

Como funciona

Os pesquisadores da universidade em questão e da Nokia Bell Labs conseguiram melhorar significativamente a velocidade de transmissão de dados via fibra minimizando o ruído gerado por algumas frequências em longas distâncias.

É um jogo de escolha de frequências com maior e menor amplitude a fim de diminuir o ruído

Os testes feitos pela Deutsche Telekom foram realizados entre Stuttgart e Darmstadt, entre Stuttgart e Nuremberg e também entre Stuttgart e Berlim. A velocidade nesse último cenário foi de 800 Gbps e, nos dois outros, de 1 Tbps.

Para tal, eles modularizam a transmissão com o formato conhecido como “Formação Probalística de Constelação” (Probabilistic Constellation Shaping - PCS) que usa modulação de amplitude em quadratura para alcançar maior capacidade de transmissão em determinados canais e melhorar a eficiência de espectro na fibra óptica. Em termos simples, é um jogo de escolha de frequências com maior e menor amplitude a fim de diminuir o ruído, o que faz a informação viajar mais longe sem ser corrompida.

Cupons de desconto TecMundo: