Se você comprou um smartwatch recentemente, uma das coisas que você muito provavelmente não pensou quando o colocou no pulso pela primeira vez foi a possibilidade de esse aparelho pegar algum tipo de vírus. De qualquer maneira, estamos falando de um eletrônico um sistema operacional como qualquer outro, o que torna potencialmente vulnerável. A Intel vê nesse tipo de plataforma a necessidade de segurança e, por isso, está desenvolvendo um antivírus para smartwatches.

Ainda não há detalhes sobre essa novidade que deve ser implementada através do McAfee Mobile Security, mas a Intel já está trabalhando com a LG para fazer o seu antivírus funcionar no recém-lançado Watch Urbane LTE, que tem um SO proprietário da marca sul-coreana.

O CEO da Intel, Brian Krzanich, falou com o The Verge sobre a necessidade de um antivírus para smartwatches e explicou que acha necessário proteger qualquer tipo de eletrônico que se conecte à rede do usuário, o que inclui, portanto, os vestíveis. Ainda assim, até o momento, não se tem notícia de nenhum tipo de ameaça ou brecha de segurança que tenha tornado os relógios inteligentes vulneráveis de qualquer maneira.

Cupons de desconto TecMundo: