(Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Um dos maiores nomes da indústria de processadores é a Intel — e isso já acontece há muitos anos, sendo que não há como dizer que a empresa norte-americana não possui relevância total no desenvolvimento da informática pessoal. Mas, mesmo assim, muitos consumidores e especialistas começaram a duvidar do futuro dela, pois a empresa parecia não se adequar à era da portabilidade digital.

Mesmo com os investimentos na linha Atom, os processadores Mobile da Intel ficam pra trás quando comparados com outros modelos mais poderosos da NVIDIA, Texas Instrumentes ou Qualcomm. Mas é bem possível que essa história mude no futuro, pois há informações de que a Intel estaria com planos bem sólidos de aplicar parte de suas forças no desenvolvimento de chips ARM já em 2014.

Mais especificamente, estamos falando de chips ARM com arquitetura de 64 bits, o que pode causar uma nova revolução na utilização dos portáteis — devido às grandes oportunidades que isso pode trazer aos consumidores. Como o site Insight64 disse: “É algo grande! Imagine os processadores ARM mais poderosos e avançados tecnologicamente sendo construídos nas fábricas de ponta da Intel. É algo difícil de ser batido”.

Diversos analistas do mercado internacional apostam que a entrada da Intel no mercado de processadores ARM pode fazer com que os valores dos chips sejam reduzidos. Segundo a Forbes, uma das grandes questões nesse assunto é referente à Apple: será que a empresa de Cupertino vai apostar nos chips Intel em seus portáteis? Se isso acontecer, certamente teremos uma competição de peso nos próximos anos.

Cupons de desconto TecMundo: